Dicas para a sua IES desenvolver atividades complementares e comunicá-las para os estudantes

Separamos as principais informações que você precisa saber para desenvolver atividades complementares para os estudantes em sua IES!
Atividades complementares: fotografia de um grupo de alunos estudando juntos.

A realização de atividades complementares é essencial para alunos de qualquer curso superior. Afinal, as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Superior (DCNs) colocam as atividades extracurriculares como obrigatórias para todas as graduações.

Como conseguir os créditos complementares para formação é uma dúvida constante entre os estudantes durante seu percurso acadêmico. Mas, com uma boa estrutura e organização, a instituição de educação superior (IES) pode e deve auxiliar seus alunos nesse desafio.

Continue a leitura e descubra a importância das atividades complementares, como oferecê-las digitalmente, como divulgá-las aos seus alunos, entre diferentes dicas para sua IES oferecer atividades extracurriculares da melhor maneira!

O que são atividades complementares?

Como sugerido pelo próprio termo, as atividades complementares têm o objetivo de complementar o aprendizado dos alunos, promovendo experiências que vão além da grade curricular obrigatória.

Os estudantes podem realizar essas atividades dentro da própria IES, participando de projetos de pesquisa e extensão ou de empresas juniores, por exemplo.

Mas vale lembrar que a participação em atividades externas também é uma opção. E são exemplos dessas atividades: 

  • presença e participação em congressos, 
  • cursos livres, 
  • estágios, entre outras atividades.

Um adendo importante é que, apesar de a execução das atividades complementares serem exigidas pelas DCNs do ensino superior, cabe à IES determinar a carga horária mínima e máxima a ser cumprida por seus alunos. Essa decisão pode ser tomada pelos colegiados de cada curso.

Banner de divulgação do ebook gratuito "Tendências 2021 para o ensino superior". Link para download: https://materiais.saraivaeducacao.com.br/lp-ebook-tofu-tendencias-2021?utm_source=blog-saraiva-educacao&utm_medium=banner-artigo&utm_campaign=material-rico

Qual é a importância de oferecer atividades complementares variadas?

As atividades complementares são de extrema importância para a formação dos estudantes. Com elas, o aprendizado vai além das teorias e práticas na sala de aula, passando por diferentes competências de caráter pessoal, social e profissional.

Ao oferecer uma variedade de atividades complementares para seus alunos, as IES contribuem para que essas competências sejam bem desenvolvidas e a formação dos estudantes seja bem aproveitada.

Além disso, com diferentes opções de formação complementar, os alunos também têm a oportunidade de encontrar atividades que mais combinam com suas personalidades, projetos e objetivos.

A flexibilidade de horário com essas atividades extracurriculares também é importante, para garantir que os alunos consigam se organizar da melhor forma.

Como informar bem os estudantes sobre o cumprimento das atividades complementares?

Muitos estudantes têm dúvidas sobre como efetuar e como creditar suas atividades complementares.

E para garantir que seus alunos consigam efetuar as atividades necessárias para sua formação e aproveitem essas experiências da melhor maneira, a IES deve estabelecer uma comunicação efetiva com seus estudantes.

Enviar e-mails aos alunos anunciando eventos e oportunidades é essencial. Mas, além dessas ações de praxe, anunciar nas redes sociais da universidade e até mesmo para o WhatsApp pode ser uma boa opção.

3 dicas para o oferecimento de atividades complementares variadas

Você já sabe o que são as atividades complementares e já entendeu sua importância, mas ainda tem dúvidas sobre como oferecê-las na sua IES?

Abaixo você confere três dicas para aplicar atividades complementares variadas para seus alunos! Veja:

1. Ofereça cursos extras e eventos

Além das aulas obrigatórias, seu corpo docente pode oferecer cursos extracurriculares, palestras, entre outras opções de eventos que podem servir como atividade complementar para os estudantes.

É importante, claro, que essas atividades estejam relacionadas às temáticas e práticas profissionais do curso que os alunos estão fazendo. Também é essencial oferecer certificados para que os alunos comprovem suas participações e, assim, creditem suas horas junto à instituição.

2. Faça parceria com outras instituições

Caso sua IES não tenha recursos ou oportunidade de oferecer atividades extracurriculares variadas, é interessante que você busque parcerias com outras instituições. E isso vale tanto para outras IES quanto para instituições com outras propostas e níveis de educação.

Parcerias com escolas de idiomas, por exemplo, permitem que seus alunos consigam melhores ofertas para fazerem cursos de línguas, que podem ser creditados como atividades complementares a depender dos cursos. Isso também vale para outras instituições de cursos livres, como informática, design, entre outras matérias.

Parcerias com outras IES podem proporcionar aos seus alunos a oportunidade de participar de eventos, palestras, workshops oferecidos por outras instituições, além de proporcionar um intercâmbio acadêmico entre sua instituição e a parceira.

parcerias com empresas locais também têm seus benefícios. Empresas credenciadas junto à sua IES podem ser um local ideal para que seus estudantes efetuem seus estágios não obrigatórios, se desenvolvendo profissionalmente e conseguindo créditos extras.

3. Ofereça atividades online

Limitações de tempo ou até mesmo infraestrutura podem dificultar esse oferecimento. Neste cenário, atividades complementares online podem ser uma boa solução!

E isso não é válido apenas para o ensino superior a distância ou para cursos de ensino híbrido. Até mesmo graduações presenciais podem aproveitar de algumas atividades online.

Muitas vezes, isso possibilita que seus alunos consigam acessá-las com maior flexibilidade e comodidade, algo muito apreciado por docentes e vestibulandos.

Alguns exemplos de atividades que podem ser oferecidas online são:

  • Cursos livres, de idiomas ou de extensão 
  • Workshops
  • Palestras
  • Seminários e Webinários
  • Congressos
  • Grupos de estudo

Todas essas opções de eventos podem acontecer digitalmente. Isso, inclusive, faz com que os custos de oferecer essas atividades sejam reduzidos, uma vez que não há gastos com aluguéis de espaços, por exemplo.

Atividades online podem ser transmitidas ao vivo ou gravadas e oferecidas posteriormente, em diferentes períodos.

Porém, assim como acontece em atividades presenciais, nas atividades online é necessário controlar a presença dos alunos, bem como suas avaliações e exercícios, se for o caso.

Da mesma forma, para que a atividade seja creditada como complementar, os alunos precisam dos certificados adequados. Ou seja, sua IES precisa oferecer os certificados para seus alunos até nos eventos online.

Como oferecer atividades complementares online?

Sabendo da importância das atividades complementares, sua finalidade e das vantagens de oferecê-las online, você pode estar se perguntando: como fazer isso?

Para oferecer boas opções de atividades extracurriculares para seus alunos virtualmente, você pode contar com plataformas especializadas. Na verdade, isso é válido tanto para atividades complementares quanto para os cursos em sua totalidade. Quer saber mais? Então leia nosso artigo especial para descobrir as 8 melhores plataformas de ensino online para a sua IES!

Você também pode gostar

Curso de Direito EaD?
A Saraiva Educação preparou várias trilhas de aprendizado explicar como implementar na sua IES.

Artigos em destaque

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Deseja manter-se sempre atualizado? Receba quinzenalmente uma seleção de materiais sobre a educação superior — é só informar seu melhor endereço de e-mail!