Principais vantagens da utilização da plataforma como ambiente de aprendizagem: fotografia de uma estudante utilizando o computador.

Quais são as principais vantagens da utilização da plataforma como ambiente de aprendizagem?

Nos últimos anos, os ambientes virtuais de ensino vêm se tornando os principais instrumentos de educação a distância para as IES. Mas uma plataforma como ambiente de aprendizagem carrega uma série de recursos e benefícios para o ensino, de modo geral, seja EAD ou presencial. 

Trata-se de uma ferramenta de apoio à leitura, ao estudo e à aprendizagem para cursos diversos, e apresenta atividades estruturadas, aderentes aos cursos, com fácil acesso para alunos e professores. 

Neste artigo, listamos as 8 principais vantagens da utilização da plataforma como ambiente de aprendizagem. Confira!

1. Engajamento e protagonismo do aluno

Cada pessoa apresenta uma forma própria de aprender e plataformas virtuais permitem que esse processo seja feito com mais autonomia, considerando a individualidade dos alunos

A tecnologia abre diferentes caminhos para o ensino, com recursos diversos, de modo a levar em consideração os interesses e tempos particulares dos estudantes. É uma ferramenta para ampliar o engajamento e o interesse.

Os ambientes virtuais possibilitam ainda que o ensino se dê dentro e fora das salas de aula, criando estímulos variados e ampliando as experiências de aprendizado. São também instrumentos essenciais para a aplicação de metodologias ativas, que inserem o estudante no centro da própria educação, chave para o seu protagonismo nesse processo.

2. Crescimento da interação entre alunos

Outro ponto entre as principais vantagens da utilização da plataforma como ambiente de aprendizagem é o aumento da interação entre os estudantes.

Em fóruns de discussão e por meio de chats online, as plataformas de aprendizagem permitem que os alunos interajam de forma mais diversa e direta, fora do ambiente físico da IES. 

São, assim, importantes ferramentas de comunicação, que aumentam o interesse dos estudantes pelas atividades da instituição.

3. Facilidade de acesso aos conteúdos

Professores da sua IES podem salvar conteúdos base e complementares para as disciplinas dentro de ambientes virtuais das plataformas de aprendizagem. 

Dessa forma, facilita-se o acesso de alunos a esses materiais, a qualquer momento e a um clique de distância. É também uma forma de organizar, de forma clara e precisa, quais leituras, atividades e mídias são importantes nas diferentes etapas de aprendizado. 

Há ainda a disponibilização das bibliotecas digitais, que democratizam o acesso a livros para os estudantes da instituição, uma vez que não há limite de unidades disponíveis ou de retirada, como ocorre nas bibliotecas físicas.

4. Complemento ao ensino presencial e EaD

Além de possibilitar o desenvolvimento e execução de atividades de ensino a distância, os ambientes virtuais podem funcionar de forma complementar ao ensino presencial. Isso significa que professores têm em mãos ferramentas para trabalhar as metodologias ativas com maior facilidade. 

É também uma forma de disponibilizar conteúdos e atividades e de criar canais de comunicação que facilitam o andamento do curso e o retorno a dúvidas.

5. Flexibilidade e enriquecimento do ensino

Há plataformas de aprendizagem que disponibilizam programas, conteúdos e atividades para as IES, o que garante determinados recursos que podem ser utilizados nas aulas e um ganho de tempo para os educadores. É uma forma de liberar o professor de algumas tarefas, para que possa focar no ensino.

Os mesmos recursos e materiais flexibilizam as dinâmicas de sala de aula, dão aporte para educadores em ações diversas e servem como base de aprendizado para competências entre os estudantes.

6. Facilidades para envio e correção de trabalhos

Não só as apresentações de trabalho ganham novas dinâmicas nas plataformas online, mas a entrega de trabalhos por meio desses sistemas torna mais fácil a vida de alunos e professores. 

Por meio dessa entrega virtual, professores conseguem ter um melhor controle sobre as atividades. As correções podem ser feitas no próprio sistema pelo professor e devolvida aos respectivos autores dos trabalhos, de forma rápida e segura, com armazenamento de informações e possibilidade de controle. No mais, é um sistema que evita o gasto desnecessário de papel.

7. Acesso a dados e informações

Na plataforma virtual, pode-se disponibilizar dados e documentos de interesse dos estudantes, além de leituras complementares e indicações para as disciplinas, por exemplo.

Isso enriquece a experiência do aluno e ainda auxilia a melhorar a qualidade do ensino oferecido.

8. Qualificação da IES

Por fim, a soma de recursos disponíveis em uma plataforma como ambiente de aprendizagem amplia as possibilidades de melhor qualificação da instituição de ensino em indicadores regulatórios do MEC/INEP.

E então, o que você achou das principais vantagens da utilização da plataforma como ambiente de aprendizagem? Você deve ter visto que um tema recorrente neste artigo foi a possibilidade de aplicação das metodologias ativas. Aproveite para conferir mais sobre ferramentas que facilitam o desenvolvimento dessas metodologias na IES!

Plataforma digital de aprendizagem: fotografia de uma estudante sorrindo para a câmera. Ela está estudando pelo computador e conta com alguns livros a sua frente.

Conhece a plataforma digital de aprendizagem? Confira tudo o que você precisa saber para a sua IES!

A tecnologia integrada à educação superior atua muito além de facilitar a rotina de alunos, professores e administração. O engajamento que ela proporciona a transforma em uma poderosa ferramenta de aprendizagem. 

Por isso, explorar as possibilidades diversas que esse mecanismo traz é fundamental para qualquer IES que quer manter um alto padrão de qualidade e oferecer aos seus alunos as melhores condições de ensino.

São muitas possibilidades hoje oferecidas para intensificar e provocar positivamente essa relação entre estudante, tecnologia e ensino. Todavia, um dos destaques certamente é a plataforma digital de aprendizagem.

Reunindo funcionalidades que auxiliam corpo docente, administração e estudantes, essas plataformas têm o potencial de otimizar o trabalho de cada um desses grupos e oferecer possibilidades diversas, facilitando o aprendizado do aluno.

Você conhece as possibilidades da plataforma digital de aprendizagem? Hoje vamos nos dedicar a conhecê-las, entender suas vantagens, recursos e aspectos importantes a serem avaliados no momento de escolher uma para a sua instituição.

Afinal, o que é uma plataforma digital de aprendizagem?

Uma plataforma digital de aprendizagem reúne, em um único ambiente virtual, suporte e possibilidades para facilitar a atuação dos professores e otimizar o aprendizado dos alunos.

Cada plataforma vai trazer funcionalidades diferentes, mas entre as mais comuns você encontra:

  • bancos de questões e conteúdos interativos relacionados à sua matriz curricular;
  • suporte pedagógico para os docentes (desde uma preparação e atualização dos próprios a relatórios gerenciais de desempenho dos alunos).

Essas plataformas permitem ainda o acesso a atividades que complementam, provocam e aprofundam o ensino dos alunos e proporcionam suporte para distribuição de conteúdos, sejam eles gerados pela IES, sejam ofertados em uma biblioteca digital disponibilizada e alimentada pelo sistema contratado.

Quais são as vantagens de adotar uma plataforma digital de aprendizagem em minha IES? 

O trabalho com uma plataforma digital de aprendizagem acaba por tornar o ensino digital mais produtivo e colaborativo. 

Isso acontece pois temos alunos mais engajados e interessados diante das diversas formas de contato com o conteúdo que a ferramenta oferece e professores menos sobrecarregados. Afinal, o docente recebe suporte da plataforma para organizar o conteúdo, ficar atualizado e montar suas aulas.

Uma plataforma digital de aprendizagem pode ser utilizada tanto como ferramenta complementar de ensino como de suporte ou ainda em atividades obrigatórias da EaD, auxiliando na complementação da carga-horária necessária com mais facilidade.

Além disso, com os dados gerados pela plataforma os professores podem observar (tanto num quadro geral como específico) o rendimento e evolução dos alunos, identificando melhor falhas no conteúdo e dificuldades de aprendizagem.

Quais são os recursos disponíveis em uma plataforma digital de aprendizagem?

Veja, agora, algumas das funcionalidades que você terá acesso ao adotar uma plataforma digital de aprendizagem em sua IES.

1. Biblioteca Digital

Disponibiliza acervo digital com obras condizentes com a matriz curricular específica dos cursos que a sua IES oferece. 

A biblioteca digital não só atende a requisitos observados hoje pelo MEC, como também facilita (e muito) o acesso dos estudantes às obras, já que elas podem ser acessadas sem fila de espera, de qualquer lugar e dispositivo (desde que esteja conectado à internet).

Leia também: como funciona e como escolher uma plataforma de biblioteca digital?

2. Atividades de aprendizagem

Disponibiliza atividades interativas condizentes com a matriz curricular e ementas específicas do curso em questão bem como de obras oferecidas pela própria plataforma (seja de maneira virtual ou física).

3. Suporte pedagógico

Oferece ao professor estrutura de apoio para a preparação de suas aulas, atualização profissional e acompanhamento do desempenho dos alunos. 

O que considerar na hora de escolher uma plataforma digital de aprendizagem para a sua IES?

Existem alguns pontos que você não pode deixar de levar em consideração na hora de decidir qual ferramenta irá adotar em sua IES. Confira alguns deles!

1. Responsividade

O primeiro e mais importante ponto a ser observado. Peça uma apresentação sobre a plataforma e navegue por todos os recursos que ela oferece. Observe seu funcionamento como um todo. 

A navegação deve acontecer de maneira fluida e intuitiva. Uma plataforma truncada ou com erros desgasta professores e alunos e acaba transformando o que seria um potencializador do ensino em um obstáculo ainda maior.

2. Credibilidade

Procure o histórico da marca escolhida no mercado. Por mais que o cenário educacional esteja permeado fortemente por atualizações tecnológicas e inovações, é um importante diferencial o respaldo e trajetória que a marca em questão traz. 

Afinal, estamos falando de geração de conteúdo, questões e referências didáticas para os estudantes e docentes. É preciso que a marca ancore a credibilidade da informação compartilhada e se comprometa com profissionais de igual renome para criar esses conteúdos.

3. Inovação

Observe quais inovações a marca oferece em sua plataforma. 

Ela está antenada com as tendências educacionais? Está disposta a se renovar sempre ou estabeleceu uma formatação estática e segura para se manter? 

O cenário contemporâneo avança e é preciso caminhar junto a ele, adequando-se e mantendo as possibilidades de novos formatos em aberto.

4. Funcionalidades

Cada plataforma vai trazer funcionalidades específicas. Observe as opções e procure pela que mais atenderá às demandas, necessidades e perfil da sua IES e dos seus alunos.

5. Benefícios extras

Procure saber se a plataforma traz recursos adicionais. Entendendo que essa ferramenta é uma poderosa complementação ao ensino dos alunos, alguns benefícios exclusivos podem ser oferecidos por cada marca. Pesquise.

6. Segurança

Procure saber quais são os sistemas de segurança e condições de controle de dados da plataforma em questão. Lembre-se que ela vai lidar e gerenciar dados pessoais dos seus alunos, docentes e administração.

Como você pôde perceber, a plataforma digital de aprendizagem é um portal de potencialidades que se abre e pode ser observado de muitos ângulos. Se ficou interessado em saber mais, podemos te contar também sobre a nossa solução: basta conferir aqui!