9 passos para saber como preparar os alunos para o Enade

Como preparar os alunos para o Enade: fotografia de um estudante fazendo uma prova.
Engajar os alunos com o Enade para conseguir uma boa pontuação em sua IES pode não ser uma tarefa tão simples assim. Mas com um bom planejamento, é completamente possível! Confira os 8 passos que você precisa começar a desenvolver em sua instituição a partir de hoje.

Compartilhe este artigo

Que o Exame do Enade é extremamente importante para as instituições de educação não é novidade. Porém, uma dúvida comum entre gestores e professores é: como preparar os alunos para o Enade?

O Regulamento do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2022 já foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). A esse respeito, é essencial que os coordenadores e gestores de Instituições de Educação Superior (IES) estejam por dentro das informações relativas à edição para que possam, então, focar na preparação dos alunos.  

De fato, atrair a atenção e o engajamento dos estudantes para esse Exame pode não ser uma tarefa fácil. Mas com planejamento e dedicação é possível, sim, contar com alunos preparados e alcançar uma boa nota para a sua IES.

Pensando nisso,   preparamos este artigo para trazer as informações relacionadas à edição de 2022 e elaborar um passo a passo com  8 dicas  de como preparar os alunos para o Enade.

Neste artigo você irá encontrar: 

Índice:

  • Regulamento do Enade 2022: fique por dentro
  • Quem será avaliado no Enade 2022?
  • Quais cursos serão avaliados no Exame? 
  • Quem deve fazer o Enade 2022?
  • Como é feita a inscrição no Enade?
  • Qual a data de aplicação do Enade 2022?
  • Quais as consequências para os estudantes que não realizarem o Exame?
  • Qual é a importância do Enade para as instituições de educação superior?
  • Impactos do Enade no ensino superior
  • 9 passos para preparar os alunos para o Enade

Tenha uma ótima leitura! 

Regulamento do Enade 2022: fique por dentro

O Regulamento do Enade 2022 já foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). Sendo assim, antes de passarmos para a preparação dos alunos para o Exame, é muito importante ficar por dentro de todas as informações sobre essa edição. 

Quais cursos serão avaliados no Enade 2022?

A Portaria nº 41, de 20 de Janeiro de 2022 estabeleceu quais cursos serão avaliados por meio do Exame do Enade, dividindo-se nas áreas relativas ao grau de bacharel e nas áreas relativas ao grau de tecnólogo.

Confira abaixo a relação dos cursos:

 

  1. Áreas relativas ao grau de bacharel:
  1. Áreas relativas ao grau de tecnólogo:
  • administração;
  • administração Pública;
  • ciências Contábeis;
  • ciências Econômicas;
  • comunicação Social (Jornalismo);
  • comunicação Social (Publicidade e Propaganda);
  • direito;
  • psicologia;
  • relações Internacionais;
  • secretariado Executivo;
  • serviço Social;
  • teologia; e
  • turismo;
  • tecnologia em Comércio Exterior;
  • tecnologia em Design de Interiores;
  • tecnologia em Design Gráfico;
  • tecnologia em Design de Moda;
  • tecnologia em Gastronomia;
  • tecnologia em Gestão Comercial;
  • tecnologia em Gestão da Qualidade;
  • tecnologia em Gestão Pública;
  • tecnologia em Gestão de Recursos Humanos;
  • tecnologia em Gestão Financeira;
  • tecnologia em Logística;
  • tecnologia em Marketing; e
  • tecnologia em Processos Gerenciais.

Quem deve fazer o Enade 2022?

Na edição de 2022 serão avaliados os estudantes regularmente matriculados nos cursos de bacharel e tecnólogo elencados no tópico anterior. Além disso, é necessário que os estudantes apresentem os seguintes pré-requisitos

1. ingressantes: regularmente matriculados, com início do curso no ano de 2022 e que tenham no máximo 25% (vinte e cinco por cento) da carga horária curricular do curso concluída até o último dia do período de retificação de inscrições do Enade 2022;

2. concluintes de cursos de bacharelado: 

  • aqueles que tenham completado no mínimo 80% (oitenta por cento) da carga horária curricular mínima  do curso definido pela instituição de educação superior e que não tenham colado grau até o último dia do período de retificação de inscrições do Enade 2022; ou
  • com previsão de conclusão do curso até julho de 2023;

3. concluintes de cursos superiores de tecnologia:

  • aqueles que tenham completado no mínimo 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária mínima curricular do curso definido pela instituição de educação superior e não tenham colado grau até o último dia do período de retificação de inscrições do Enade 2022; ou
  • com previsão de conclusão do curso até dezembro de 2022.

O Exame do Enade é aplicado no ensino superior a distância? 

Assim como os estudantes que cursam na modalidade de ensino presencial, os alunos do ensino superior a distância também devem fazer o exame do Enade, uma vez preenchidos os requisitos acima elencados. 

Leia também: Compreendendo a diferença entre Enade EaD X Presencial

Como é feita a inscrição no Enade?

A esse respeito, compete à IES a inscrição dos alunos habilitados, bem como a verificação da regularidade do estudante perante o Enade 2022.

A irregularidade perante o Enade 2022 ocorre quando: 

  1. os estudantes ingressantes habilitados não são inscritos por suas respectivas IES no período a ser estabelecido no edital do Exame;
  2. os estudantes concluintes devidamente inscritos deixam de realizar o Exame.

Qualquer dessas irregularidades impossibilita a colação de grau e a emissão de diploma do estudante, em decorrência da ausência de cumprimento de componente curricular obrigatório que é a realização do Exame do Enade.

Ainda nesse sentido, cabe ressaltar que a instituição deve, obrigatoriamente, inscrever todos os alunos ingressos e egressos dos cursos avaliados no ano. Ou seja, tanto os calouros quanto os veteranos que estão se formando e se tornarão egressos.

Dessa forma, atente-se para conferir o edital do Exame, que divulgará as datas de inscrição e cada etapa do processo. 

Leia também: Guia completo da avaliação do MEC para IES

Qual a data de aplicação do Enade 2022? 

A Portaria nº 41/2022, divulgada pelo MEC,  estabeleceu que o exame do Enade será aplicado no dia 27 de novembro de 2022, conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU).

Quais as consequências para os estudantes que não realizarem o Exame?

O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, nos termos do § 5º do art. 5º da Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, e do § 1º do art. 39 da Portaria Normativa MEC nº 840, de 2018.

Dessa forma, os estudantes concluintes habilitados e devidamente inscritos dos cursos de bacharelado, licenciaturas e superiores de tecnologia vinculados às áreas avaliadas na edição, ficam obrigados a realizar a prova.

Qual é a importância do Enade para as instituições de educação superior?

Evidentemente, alcançar um bom resultado no Enade é fundamental para que a sua IES se destaque no mercado, melhore a captação de alunos e sua retenção.

Além disso, a partir de uma análise aprofundada nos resultados é possível encontrar pontos cegos na abordagem pedagógica, assim como avaliar o posicionamento da sua IES. Isso permitirá a identificação de possíveis causas e o desenvolvimento de soluções.

Impactos do Enade no ensino superior

Certamente, o conceito do Enade impacta em diversos aspectos na sua IES. Conheça os principais: 

  • Escolha de ingresso na instituição
  • Conquista do diploma
  • Preparação do egresso para o mercado de trabalho 

A seguir, vamos abordar cada um desses impactos. Confira: 

Escolha de ingresso na instituição

Com efeito, o resultado do Enade interfere no momento de escolha do aluno que deseja ingressar no ensino superior. Isso porque o estudante opta por uma instituição que seja reconhecida pelo ensino ofertado. 

Nesse sentido, o conceito do Enade é um dos parâmetros considerados pelos ingressantes, visto que a classificação e a construção de rankings é amplamente divulgada pelos veículos midiáticos, o que gera impacto na decisão de ingresso no ensino superior. 

Conquista do diploma

Apesar de não ser exigida uma nota mínima do discente na prova do Enade, sabe-se que a realização do Exame é obrigatória para a graduação e liberação do diploma do estudante. 

Dessa forma, a emissão do diploma está condicionada à comprovação de realização do Exame. 

Preparação do egresso para o mercado de trabalho

Da mesma forma que os alunos que buscam ingressar no ensino superior observam as melhores avaliações das instituições no Enade, o mercado de trabalho também o faz. 

Nesse sentido, um bom conceito no Enade, certamente, capacitará o egresso para esse ingresso no mercado de trabalho. 

Leia também: Saiba como garantir a empregabilidade dos alunos na IES

9 passos para preparar os alunos para o Enade

Agora que você já sabe as informações essenciais, como data de aplicação e quais cursos serão avaliados no Exame, preparamos um passo a passo de como preparar os alunos para o Enade. Confira:

  1. Desenvolva um planejamento estratégico
  2. Construa uma boa comunicação com os alunos
  3. Engaje os alunos e crie ações de identificação
  4. Tenha uma equipe administrativa e um corpo docente preparados
  5. Faça uma reformulação do curso para abordar o Enade
  6. Realize simulados
  7. Analise os resultados dos simulados e utilize-os ao seu favor
  8. Conte com um bom banco de questões do Enade
  9. Utilize plataformas que auxiliem no processo de ensino e aprendizagem

Compreenda a seguir como aplicar o passo a passo!

1. Desenvolva um planejamento estratégico

É preciso que se diga, em primeiro lugar, que uma boa preparação dos alunos para o Enade demanda planejamento

Nesse sentido, essa estratégia deve começar desde o dia do ingresso do estudante na instituição de ensino e terminar somente quando ele se tornar um egresso. Assim, o planejamento deverá ser uma construção cotidiana na sua IES. 

Ao longo desse processo serão abordados diversos aspectos estruturais e burocráticos do Exame, como exemplos:

  • o que é o exame;
  • por que fazer;
  • para que serve;
  • preparação dos alunos para a realização da prova;
  • quais as sanções cabíveis aos alunos que deixam de realizar o Enade.

Além disso, esse processo envolve todos os setores da instituição, como veremos nos próximos passos. Em resumo, sem planejamento estratégico não será possível uma boa preparação dos alunos para o Exame do Enade.

2. Construa uma boa comunicação com os alunos 

Para familiarizar o aluno com o Enade é necessário que sejam desenvolvidas ações desde o início do curso. Nesse sentido, os alunos não devem ter dúvidas sobre os procedimentos e obrigatoriedades que envolvem o exame, nem de qual o seu papel nesse processo ou o da instituição. 

Para alcançar esse objetivo, a comunicação deve ser clara e direta. Uma vez que, uma boa comunicação entre IES e aluno é importante ainda para gerar e potencializar vínculos

Afinal, se o aluno sente-se escutado e auxiliado pela instituição ao longo do curso, ele desenvolve sua confiança na mesma, o que gera sensações de pertencimento e orgulho que vão potencializar seu empenho quando o momento da prova chegar.

3. Engaje os alunos e crie ações de identificação

Se você está procurando saber como preparar os alunos para o Enade, não pode deixar de ter em mente a importância do engajamento para que a sua IES alcance um excelente resultado no Exame.

Nesse sentido, é muito importante que o aluno se sinta parte fundamental da instituição, saiba da sua importância e reconheça o esforço constante da IES por oferecer as melhores condições de ensino. 

Além disso, vale pontuar que o estudante também depende de um ensino qualificado e reconhecido para o sucesso de sua formação e evolução posterior no mercado de trabalho.

Dessa forma, esse senso de pertencimento pode ainda ganhar proporções maiores com ações de marketing interno e digital. Assim, esteja nas redes sociais e provoque ações que engajem os alunos a atrelem ainda mais a sua imagem pessoal à da instituição. 

E, por fim, não subestime essa identificação como forte fator de fidelização e comprometimento do estudante com a IES.

4. Tenha uma equipe administrativa e um corpo docente preparados

Certamente, para que os alunos estejam bem preparados, é preciso que toda a equipe da instituição esteja também ciente de seu papel e da importância do Enade para a IES. 

Para tanto, é necessário que todos estejam informados sobre o funcionamento, relevância, obrigações e restrições desse processo para que assim possam atender a qualquer questionamento que o aluno venha a ter sobre o tema. 

Portanto, da gestão ao corpo docente e secretaria não deve haver mistério algum sobre a avaliação e todas as suas particularidades.

5. Faça uma reformulação do curso para abordar o Enade

Já dissemos da importância de a equipe de professores saberem tudo sobre os procedimentos do Enade. No entanto, é necessário também que haja capacitação do corpo docente em relação à metodologia e formatação das questões utilizadas na prova para que possam ser aplicadas em sala de aula. 

Esse é um outro ponto fundamental para quem está procurando saber como preparar os alunos para o Enade. Por isso, é interessante que o Modelo de Questão Enade, por exemplo, já seja familiar ao aluno em sua vivência ao longo do curso. 

É importante ressaltar que o curso não precisa, e não deve, ser traçado inteiramente em cima dessa metodologia, mas a IES pode tornar essa formatação presente de modo a construir uma familiarização com a maneira de avaliação durante todo o percurso do aluno, tornando assim o processo de preparação ainda mais natural e eficaz

6. Realize simulados

Realize simulados do Enade

No geral, os simulados são uma ferramenta muito valiosa para que a IES desenvolva o processo de ensino-aprendizado em diferentes contextos. 

Nesse sentido, o fato de a preparação para o Exame do Enade ser uma ação cotidiana e contínua não tira a importância da realização de simulados para avaliação de desempenho do corpo discente e da instituição. 

Afinal, os simulados do Enade, de fato, irão auxiliar os estudantes nos estudos e preparação para a prova. Por isso, com a realização de simulados do Enade, é possível perceber os seguintes benefícios para os alunos e para a IES:

  • Habituação dos alunos com a linguagem e dinâmica do exame;
  • Treinamento para realização do simulado no tempo de prova demandado;
  • Melhor fixação de conteúdos;

Desse modo, a realização dos simulados permite que o aluno chegue preparado no dia de realização da prova, o que consolida a segurança do aluno diante da situação do Exame.

Outra dica valiosa é não restringir os simulados apenas para os estudantes que vão realizar a prova. Isso porque, mesmo para os alunos que ainda não irão realizar o exame, os simulados servem de preparação e, mais que isso, para o aprendizado no geral. 

Leia também: Entenda a importância do simulado Enade e como aplicar em sua IES

7. Analise os resultados dos simulados e utilize-os ao seu favor

Os simulados são ainda uma oportunidade preciosa de retorno para a IES. Afinal, a partir dos resultados você pode observar e analisar os desempenhos dos alunos, perceber as principais falhas e corrigi-las antecipadamente, o que certamente resulta na melhora da qualidade do seu ensino.

A esse respeito, se a sua instituição estiver utilizando uma solução parceira para o desenvolvimento e aplicação dos simulados, esses retornos podem ser ainda automatizados e apresentados já em formatação estatística, o que otimiza o tempo quando comparado a uma análise manual, que ainda está sujeita a erros.

8. Conte com um bom banco de questões do Enade

Como abordado anteriormente, a realização de simulados do Enade é de suma importância para a avaliação dos alunos e da instituição. 

Para facilitar esse processo para a sua IES, sobretudo os professores, é interessante contar com um bom banco de questões de edições anteriores do exame do Enade.  

Nesse sentido, é possível associar-se a plataformas que oferecem essas atividades, assim você terá um material sempre atualizado sem sobrecarregar o seu corpo docente com mais essa demanda, que seria a de elaboração de questões e simulados. 

9. Utilize plataformas que auxiliem no processo de ensino e aprendizagem

A realidade do jovem hoje é pautada pela conexão constante com a interface digital. Nesse contexto, celulares, tablets e computadores tornaram-se grandes potencializadores da relação entre ensino e aprendizagem em uma IES. Por isso, use e abuse de ferramentas digitais que podem ganhar o interesse e facilitar a vida do seu aluno.

A esse respeito, com as escolhas corretas é possível estabelecer meios para a sua instituição encaminhar e conduzir conteúdos, dicas, exercícios e simulados online, além de oferecer formas m

ais leves, interativas e tecnológicas de envolver o aluno com o processo de aprendizagem. 

Nesse sentido, aproveite da tecnologia e ferramentas disponíveis para levar o assunto para fora da sala de aula e integrá-lo mais à vida do aluno, não só para tratar do Enade, mas também para envolver e abordar outros conteúdos programáticos do curso. 

Uma biblioteca digital, por exemplo, é um grande facilitador na rotina do aluno e pode potencializar a relação dele com o conteúdo curricular e extracurricular do curso. Ao aderir essa plataforma virtual é possível obter diversas vantagens, como:

  • fim da fila de espera entre alunos;
  • redução de custos para a IES;
  • acesso ao acervo de forma remota e simultânea, e muito mais!

Certamente, com essas dicas você vai melhorar, e muito, a relação da sua IES e dos seus alunos com o Enade. Lembre-se que esses resultados serão consequência do trabalho conjunto de diversos setores da instituição, que envolvem desde a gestão, comunicação, corpo docente e, é claro, os próprios estudantes. 

Esperamos que tenha gostado do conteúdo! Para te ajudar a aplicar todos os passos que listamos aqui sobre como preparar os alunos para o Enade, produzimos também um artigo explicando o que é e a importância do banco de questões para o Exame. Não deixe de conferir!

Artigos Relacionados