Conteúdos EaD prontos para aquisição: transforme o ensino em sua IES!

Conteúdos EaD prontos para aquisição: fotografia de uma estudante utilizando o notebook.
Se você está procurando conteúdos EaD para o curso de Direito em sua IES, conheça a DONS, a nova solução da Saraiva Educação!

Compartilhe este artigo

Como o aluno de Direito aprende?

Até pouco tempo atrás, a metodologia de aula que vigorava nas instituições de educação superior (IES) brasileiras era a mesma de quando surgiram as primeiras graduações em Direito, no ano de 1827.

Aulas tradicionais, reflexos de um curso também tradicional, em que o professor expõe oralmente o conteúdo dos livros. Sentado em sua carteira pequena, o aluno recebe de forma passiva esse monólogo, durante mais ou menos uma hora na mesma posição – ou, pelo menos, tenta recebê-lo.

A literatura científica já propõe, desde o século passado, alterações nessa dinâmica da sala de aula. Vamos inclusive abordá-la ao longo deste texto. Entretanto, mudanças efetivas nos métodos de ensino, que aplicam tecnologia e motivam o aluno, chegam a passos lentos no ambiente jurídico.

Com a disrupção tecnológica do século XXI, impulsionada pela pandemia do covid-19, as estratégias pedagógicas inovadoras finalmente se estabelecem como atual paradigma. O aluno não mais se interessa em assistir às mesmas aulas expositivas.

O estudante de hoje está interessado em metodologias estimulantes. Ele quer pesquisar o assunto por conta própria, ler textos virtuais, assistir a vídeos objetivos, aprofundar-se por meio da discussão com professor e colegas, analisar casos concretos, preparar-se para concursos e OAB, participar de julgamentos simulados e, assim, ter acesso a múltiplas formas de aprendizado.

Afinal, a aula expositiva pode sim ter seus benefícios, mas é uma única forma de aprendizado. Por isso, não abarca a grande realidade de alunos, em toda sua diversidade, que precisam da prerrogativa de aprender por outros meios.

Contudo, produzir conteúdos digitais, em vários formatos e transformar, assim, o ensino em sua IES é uma tarefa difícil. Envolve o trabalho conjunto de professores, pesquisadores, pedagogos, designers e outros profissionais.

Para ajudar na transformação digital de sua IES, a Saraiva Educação criou uma solução que dá conta de todo esse trabalho e entrega conteúdos EaD prontos para aquisição: conheça as Disciplinas Online Saraiva (DONS).

Banner de divulgação do ebook "Disciplinas online de Direito: como desenvolver na IES?". Link para download gratuito: https://materiais.saraivaeducacao.com.br/lp-ebook-mofu-disciplinas-online-direito?utm_source=blog-post&utm_medium=banner&utm_campaign=material-rico

O que é DONS?

As Disciplinas Online Saraiva (DONS) são uma solução da Saraiva Educação que traz um portfólio de conteúdos educacionais digitais em Direito. Por isso, é uma forma prática de aplicar um ensino digital dinâmico, tecnológico e inovador.

São materiais em multimídia que se destacam no mercado em função de sua qualidade. Todos são produzidos por profissionais especialistas em sua área de atuação, entre doutores, pós-doutores e mestres. São conteúdos EaD prontos para uso, que podem ser disponibilizados no próprio ambiente virtual de aprendizagem da instituição.

Ao obter acesso aos conteúdos, você dispõe de vídeos, textos, mapas mentais animados, questões e outros recursos destinados a compor as disciplinas de graduação do curso de Direito.

Por isso, você não precisa deslocar recursos financeiros e humanos para produzir materiais virtuais em sua IES. Nossa equipe se encarrega disso, aproveitando de toda a expertise que possuímos em estratégias pedagógicas.

Conheça os quatro fundamentos pedagógicos da DONS

Existem quatro pilares pedagógicos que constroem as Disciplinas Online Saraiva. Todos eles são lastreados em pesquisas científicas comprobatórias de sua eficiência nos processos de ensino. São eles:

Vamos explicar mais sobre cada um destes fundamentos, com links para artigos mais aprofundados sobre cada um, além da indicação de nossas referências acadêmicas. Dessa forma, você compreende melhor o potencial da DONS.

1. Ferramenta para aplicação de metodologias ativas

O primeiro pilar pedagógico das DONS é ser uma ferramenta para aplicação de metodologias ativas no ensino superior.

Essa estratégia pedagógica foi precedida pelos métodos de Pedagogia Nova, de John Dewey e por William Glasser, psiquiatra educador que desenvolveu a Pirâmide ou Cone de Aprendizagem.

No Brasil, essa tendência foi fortemente defendida por Paulo Freire (1996).

As metodologias ativas ganham força a partir da aplicação de tecnologias de informação e comunicação (TICs) na educação. Esse fenômeno introduziu, na educação, novas formas de se aprender. Também representa uma forte demanda, tanto por parte dos alunos quanto por parte do mercado, que exige agora domínio tecnológico e habilidades comportamentais de seus profissionais.

Por isso, representam uma mudança de paradigma no modelo expositivo tradicional das salas de aula. O aluno passa a ser enxergado como parte integrante, central e ativa do próprio aprendizado, protagonizando sua jornada de ensino.

Em outras palavras, a construção do conhecimento passa a ser um processo compartilhado entre aluno, seus colegas, professores e sociedade. A aprendizagem deixa de ser passiva e passa a ser ativa, estimulada também pelas tecnologias digitais.

Isso não significa, entretanto, que o papel do professor ganha menos importância. Pelo contrário: neste artigo científico publicado por Neusi Aparecida Navas Berbel, doutora em Educação pela Universidade de São Paulo, a autora considera que a promoção de autonomia por meio de metodologias ativas depende diretamente de uma boa interação com os professores.

Em outras palavras, “O papel do professor, nessa perspectiva, ganha um status de relevância, ao mesmo tempo em que se lhe acrescentam responsabilidades quando comparadas a estilos de trabalho convencionais”.

2. Microaprendizagem

Também conhecida por seu nome em inglês (Microlearning), esse pilar se baseia na noção cientificamente comprovada sobre o melhor ritmo de aprendizado do estudante.

Quando o aluno estuda por meio das TICs, não é interessante produzir vídeos extensos, do tamanho de uma aula presencial. Nos meios virtuais, existem muitas distrações que comprometem o rendimento do estudante.

Transpor uma aula regular, de 50 minutos, para o meio virtual não funciona. Apesar de existir certa resistência em relação aos conteúdos em microaprendizagem, os dados confirmam a eficiência desse método.

Também a respeito, podemos citar um estudo publicado em 2018 pelo Diário Internacional de Pesquisa Educacional. Verificou-se, através de pesquisas, que quando as aulas eram mais curtas, seguindo a abordagem do microlearning, o rendimento dos alunos foi 18% melhor em comparação ao ensino tradicional.

Em síntese, o problema das abordagens clássicas de ensino é que elas não conseguem motivar os alunos a pensar e aprender ativamente, ao mesmo tempo que mantêm uma mente criativa.

3. Aprendizagem multimídia

Esse fundamento pedagógico, por sua vez, aproveita os benefícios da utilização de multimídia e hipermídia na educação. Basicamente, consiste em combinar informações codificadas em diferentes formatos (como voz, imagem e palavras escritas) para ativar múltiplas partes do cérebro.

Tal abordagem deriva dos estudos de Richard Mayer, psicólogo educacional que desenvolveu a Teoria Cognitiva da Aprendizagem Multimídia. Em seus estudos, Mayer concluiu que a combinação de diferentes estímulos é responsável por uma experiência de aprendizagem mais completa.

Isso auxilia não só a aprimorar a experiência de aprendizado dos alunos individualmente, mas também a coletividade de estudantes. Como cada um deles possui maior afinidade com determinado estímulo, apresentar diversas opções de conteúdo contribui para que toda a pluralidade de alunos encontre o método mais adequado.

Pensando nisso, a DONS disponibiliza conteúdo em formatos diversificados. Confira, abaixo, uma relação desses materiais:

  • Textos;
  • Mapas mentais normais e animados;
  • Vídeos;
  • Testes gamificados: testes aplicados para apurar a retenção dos conteúdos estudados até então;
  • Questões de exames oficiais;
  • Questão discursivas com correção instantânea;
  • Revisão OAB.

4. Aprendizagem significativa

Por fim, o último pilar pedagógico da DONS é aprendizagem significativa. Ela deriva da teoria da aprendizagem cognitiva, cujo principal pesquisador é David Ausubel, também psicólogo e educador. 

Essa teoria surgiu na década de 1960 e foi desenvolvida até os tempos atuais, com contribuições de outros autores como Joseph Novak e Helen Hanesian, além de Marco Antônio Moreira, no Brasil.

À época de seu surgimento, o pensamento em voga na sociedade ocidental era o construtivismo. No campo da educação, as teorias construtivistas consideram que, para que as pessoas construam novos conhecimentos, elas precisam se basear em experiências e conhecimentos já adquiridos anteriormente.

Contextualizando esse pensamento, temos que a aprendizagem significativa leva em conta a interação entre ideias expressas de maneira simbólica e as experiências prévias do estudante, que ocorre de maneira substantiva e não arbitrária.

Dizendo de outra forma, o que o aluno já conhece é um fator determinante para aprender novos conteúdos, de maneira significativa. Os conhecimentos já consolidados podem servir de pontos de ancoragem para novas ideias.

Por isso, tão importante quanto apresentar os conteúdos em si é apresentar a relação entre eles, e levar em conta a relação com outros aprendizados já fixados. Essa é a premissa básica da aprendizagem significativa.

É por essa razão que os mapas mentais têm ganhado popularidade. Eles apresentam uma visão holística do conteúdo e ajudam a criar relações entre os tópicos de determinada disciplina.

Quais são os benefícios da DONS?

  • Preparação dos alunos para o Exame de Ordem: a prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tem ficado cada vez mais competitiva, sendo assim imprescindível preparar os discentes de Direito com antecedência;
  • Preparação dos alunos para prestar concursos públicos: no contexto de superlotação do mercado advocatício, muitos estudantes de Direito optam por seguir carreira pública. No entanto, as provas de concurso são também muito concorridas, ainda mais do que o Exame de Ordem. Por isso, é importante investir em soluções que preparem o aluno desde o início do curso.
  • Melhoria no Enade: esse conceito é importante para construir uma boa reputação em sua IES, e o desempenho dos estudantes também é potencializado pelos conteúdos EaD da DONS; 
  • Melhoria do aprendizado do aluno: o engajamento do corpo estudantil aumenta ao fornecer conteúdo interativo em diferentes formatos;
  • Valorização do professor: ele passa a possuir mais recursos para montar suas aulas e consegue, assim, organizar melhor cada disciplina;
  • Atender às DCN: Para cada conteúdo produzido por DONS, são apresentadas e trabalhadas as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Direito relacionadas ao tema. Além disso, em todas as disciplinas há conteúdos que passam por todos os níveis da Taxonomia de Bloom;
  • Redução de custos e captação de alunos: deslocar parte do aprendizado para o ambiente virtual representa uma economia de recursos por parte da IES e dos alunos, que inclusive procuram por cursos com soluções inovadoras de ensino.

Como utilizar a solução DONS no curso de Direito?

As Disciplinas Online Saraiva foram idealizadas para complementar a carga horária de qualquer curso de Direito,com conteúdos EaD prontos para aquisição, independente de sua modalidade. A aplicação de tecnologias de ensino inovadoras é compatível com qualquer curso de graduação.

Nos cursos presenciais, os conteúdo EaD da DONS podem servir de materiais de apoio às aulas. A ideia é que os alunos tenham acesso ao material para enriquecer seus estudos.

No ensino híbrido, a lógica é a mesma. Os materiais da DONS podem ser indicados como conteúdo de suporte, ou apontados como tarefas obrigatórias para complementar uma parcela da carga horária de cada disciplina.

Em relação aos cursos de Direito integralmente online, os conteúdos da DONS podem ser igualmente utilizados, mas não preenchem toda a carga horária. Dessa forma, os professores devem desenvolver outras atividades virtuais, como aulas síncronas, para preencher a quantidade de horas de cada curso.

Atualmente, não existem cursos de Direito 100% virtuais. No entanto, é muito provável que este cenário mude até o ano de 2022. Isso porque várias IES que solicitaram ao MEC a autorização dessa modalidade têm recebido respostas positivas.

De forma resumida, muitas instituições concluíram, desde julho de 2021, a última etapa dos processos de autorização, recebendo inclusive nota máxima. Aguardam, agora, a derradeira etapa, que consiste na publicação de Portarias para disciplinar a implementação dos cursos e conceder o último aval.

Leia este texto para entender melhor sobre a autorização de cursos de Direito EaD!

Como encontrar conteúdos EaD prontos para aquisição?

Toda e qualquer instituição de educação superior que deseje otimizar o aprendizado, atrair mais alunos e se manter sustentável encontra grandes benefícios em aderir à DONS. Você, que leu este texto, completou um passo importante nesse sentido.

Depois de entender melhor o funcionamento de nossa solução e todo o embasamento científico por trás da sua pedagogia, resta apenas concluir a última etapa para encontrar conteúdos EaD prontos para aquisição em sua IES: entrar em contato com um de nossos especialistas e conversar melhor a DONS!

Artigos Relacionados