Oscar 2022 Saraiva Educação: confira os 10 melhores filmes de Direito!

Confira nossa seleção dos 10 melhores filmes de Direito de todos os tempos, em comemoração ao Oscar 2022!
Filmes de direito: estudantes vão ao cinema

Para comemorar o Oscar 2022, preparamos uma lista com os 10 melhores filmes de direito. Além de assisti-los, você pode recomendá-los aos professores e alunos de sua instituição de educação superior (IES)!

Neste domingo, 27 de março de 2022, aconteceu a 94ª edição do Oscar, a maior premiação de cinema do mundo. Os Academy Awards (prêmios da academia) são, atualmente, entregues em 23 categorias, que podem ser divididas em principais, coadjuvantes e técnicas, e celebram os melhores trabalhos do ano.

Criada em 1927, em Los Angeles, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas realizou a primeira edição da premiação em 1929, em que o filme Asas ganhou a categoria principal. Mesmo não sendo a maior indústria cinematográfica em receita ou quantidade de produções, Hollywood possui o cinema mais relevante mundialmente, o que atrai todos os olhares para o Oscar.

Com bilheterias estratosféricas e levando anualmente bilhões de pessoas para assistir seus filmes, o cinema é, hoje em dia, uma das formas de arte mais populares e valorizadas. Na maior indústria cinematográfica do mundo, Bollywood, na Índia, são produzidos mais de 1.500 filmes por ano, levando mais de 1 bilhão de pessoas às salas de cinema a cada semestre!

O isolamento social, necessário em tempos de pandemia, determinou o fechamento das salas de cinema, deixando a produção e a arrecadação dos grandes filmes em queda. No entanto, a ascensão dos serviços de streaming deixou mais uma vez os filmes acessíveis ao povo, ainda mais em uma época em que as pessoas precisavam ficar em casa.

A cultura é extremamente necessária em nossas vidas, e não apenas em tempos difíceis. Ela contribui tanto para entreter quanto para nos ensinar — os filmes, por exemplo, são importantes ferramentas para que possamos aprender através de imagens.

Clique aqui para baixar o eBook: Como engajar alunos com conteúdo jurídico online

Qual a relação do cinema com o direito?

A arte, em geral, tem um grande potencial de influenciar a sociedade e ser influenciada por ela e, o cinema também tem esse viés de transformação social. É comum que assuntos atuais e extremamente relevantes entrem em debate popular depois de retratados em obras audiovisuais famosas. Com o crescimento do acesso às redes sociais e aos streamings, essa tendência tem se massificado.

Com o cinema, existe uma eterna troca de valores das histórias reais com a ficção, muitas vezes trazendo fatos antigos que precisam ser redescobertos. A sétima arte nos auxilia a compreender a sociedade e a sua evolução através de suas obras, trazendo diversas nuances.

Em relação ao curso de Direito, o cinema tem um grande acervo de obras, que retratam diversos assuntos com abordagens específicas, como: 

  • O trabalho de bons advogados;
  • As fragilidades do sistema;
  • As disputas familiares em juízo;
  • A dificuldade de se enfrentar grandes corporações;
  • A própria punição.

Como resgate de casos antigos, o cinema também nos ajuda a compreender muito! É preciso entender que o direito também é parte da história e da política.

Neste cenário, muitas das transformações da sociedade decorridas de grandes eventos históricos, como ditaduras, guerras e revoluções são retratados nos filmes.

Leia também: Como é o perfil dos alunos do curso de Direito? Conheça as características e as competências

Confira 10 filmes de Direito para assistir e passar em sala

Existem diversos filmes que trazem os mais variados temas dentro do direito e sua importância no contexto social. Essas obras possuem uma enorme capacidade de trazer poderosas reflexões sobre justiça, democracia e humanidade. 

Neste sentido, trazemos agora uma lista com 10 filmes de Direito, com temáticas relevantes e que receberam diversas premiações.

1. Os 7 de Chicago (The Trial of the Chicago 7, 2020)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Um protesto pacífico realizado em Chicago, em 1968, contra a guerra do Vietnã acabou interrompendo o congresso do partido democrático e terminando em um violento confronto com a polícia. No ano seguinte, sete pessoas foram indiciadas pelo caso e acusadas de conspiração pelo governo federal dos Estados Unidos. Baseado em uma história real.

Por que assistir: Sucesso da Netflix, Os 7 de Chicago foi o último filme de Direito indicado ao Oscar de melhor filme, em 2021. A história mostra como motivações políticas se envolvem e deturpam, em muitos casos, processos legalmente constituídos. O filme traz também grandes reflexões sobre a importância das manifestações e um debate sobre a legalidade da própria guerra. Além de melhor filme, foi também indicado em outras cinco categorias do Oscar.

Onde ver: Netflix.

Com o mesmo tema: O Mauritano e Glória Feita de Sangue

2. Kramer vs. Kramer (1979)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse:  Ted Kramer é um executivo de sucesso que sempre coloca o trabalho em prioridade, negligenciando sua família. Sem suportar mais esta situação, Joanna, sua esposa, sai de casa por um bom tempo e deixa o pai cuidando do filho do casal, Billy. Após ter muitas dificuldades, Ted consegue finalmente equilibrar seu trabalho com os cuidados com a casa e a educação de seu filho. Entretanto, Joanna volta e exige a guarda da criança. É dado início a uma longa e difícil batalha jurídica pela custódia de Billy, valorizando e confrontando as ações e pontos de vista da mãe e do pai.

Por que assistir: Além de melhor filme, este clássico também ganhou o Oscar nas categorias de melhor diretor, melhor ator principal, melhor atriz coadjuvante e melhor roteiro adaptado. É um prato cheio para quem gosta de Direito de Família, fazendo boas abordagens sobre divórcio e guarda dos filhos. É também interessante a análise sobre os cuidados com os filhos, colocando em xeque a priorização do trabalho e o abandono.

Onde ver: Disponível para alugar em Apple iTunes, Google Play Movies e Microsoft Store.

Com o mesmo tema: História de um Casamento, A Separação e Custódia

3. 12 homens e uma sentença (12 Angry Men, 1957)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: No filme, um jovem porto-riquenho é acusado de matar o próprio pai e, daí, se desenrola seu julgamento. Seguindo a máxima de que o réu deve ser considerado inocente até que se prove o contrário, os doze jurados se juntam para decidir sua sentença. Com diversas motivações diferentes, onze dos jurados tendem a condenar o rapaz, com um dissidente, interpretado por Henry Fonda, que acredita em sua inocência. 

O filme gira em torno dos debates sobre a culpabilidade do acusado. São revelados, aos poucos, os motivos por trás da escolha de cada jurado pela condenação, mostrando que as convicções pessoas dizem mais sobre eles do que sobre o próprio crime, fazendo com que cada um reveja os seus preconceitos.

Por que assistir: Como o filme retrata uma discussão sobre o veredito de um crime, apresenta uma ótima abordagem sobre prova, culpa e condição social, além de contar com uma rica parte dialética. Para quem gosta de tribunal do júri, essa indicação é extremamente válida. Além de mostrar o trabalho dos jurados, foge das figuras do juiz, do promotor e do advogado. O sucesso da obra lhe rendeu indicação nas categorias de melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro no Oscar de 1958, além de um remake em 1997.

Onde ver: Disponível para alugar em Amazon Video e Apple iTunes.

Com o mesmo tema: A Jurada, As Duas Faces de Um Crime, O Júri.

4. Erin Brockovich: Uma Mulher de Talento (Erin Brockovich, 2000)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Erin Brockovich é uma mãe de três filhos que, após perder um processo contra um médico que bateu em seu carro, vai trabalhar em um pequeno escritório de advocacia com o advogado que a defendeu. Após descobrir que uma empresa está contaminando a água de uma cidade no deserto, ela convence seu chefe a permiti-la investigar o caso. 

Mesmo tendo que usar de diversas “armas”, como sua fala tranquila e até mesmo seus atributos físicos, Erin convence os cidadãos da cidade a contribuir com sua investigação e processo, numa causa de 333 milhões de dólares.

Por que assistir: Erin Brockovich é fundamental para os amantes do Direito, ao mostrar que a persistência é uma qualidade extremamente valiosa na área, principalmente se somada à empatia. É um daqueles filmes que nos deixa indignados com a falta de responsabilidade de algumas grandes corporações e com a impunidade. Com cinco indicações ao Oscar, a atuação brilhante de Julia Roberts lhe rendeu a estatueta de melhor atriz. 

Onde ver: HBO Max.

Com o mesmo tema: O Preço da Verdade e A Qualquer Preço

5. Carandiru (2003)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: A história se passa no Carandiru, o maior presídio da América Latina, onde um médico se oferece para trabalhar com a prevenção ao contágio da AIDS. Dentro da prisão, o médico começa a ver a realidade atrás das grades, lidando com superlotação, violência e precariedade do sistema. Entretanto, mesmo com todos os problemas, ele começa a enxergar a humanidade dos presidiários. Através da solidariedade, organização e vontade de viver, ele percebe que ali não estão monstros, e sim pessoas.

Por que assistir: Carandiru é baseado em uma história real que retrata o mais importante massacre que aconteceu no Brasil, em 1992, com a morte de 111 detentos. O filme trabalha bem a humanização dos presos e os seus direitos, ao mesmo tempo que questiona o trabalho do Estado, tanto por promover um massacre quanto por não reservar uma mínima condição digna para as pessoas que estão sob sua responsabilidade. Além de tudo isso, o filme também é extremamente educativo no trato que dá à AIDS. Concorreu em catorze categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2004 (o equivalente ao Oscar no Brasil).

Onde ver: Telecine Play e Globo Play.

Com o mesmo tema: O Prisioneiro da Grade de Ferro, Cela 211 e Papillon.

6. Tempo de Matar (A Time to Kill, 1996) 

Filmes de Direito: cena de filme

 

Sinopse: Em Canton, no Mississipi, dois homens brancos são presos por espancar e estuprar uma menina negra de dez anos. Ao ir para o tribunal para ver o valor de suas fianças, o pai da garota decide fazer justiça com as próprias mãos e mata os dois, além de ferir gravemente um policial, de forma acidental, na frente de várias testemunhas. 

Rapidamente ele é preso e a cidade entra em um enorme clima de tensão. No meio de tudo isso, a defesa tem que lidar com um juiz que não permite que o motivo do duplo homicídio seja citado no tribunal, alegando que o julgamento é de assassinato e não de estupro.

Por que assistir: Traz debates que são enormes até hoje, como o racismo, a vingança como forma de justiça, impunidade e motivação de um crime.

Onde ver: Amazon Prime Video e Globo Play.

Com o mesmo tema: O Segredo dos Seus Olhos, A Pele que Habito e Sobre Meninos e Lobos.

7. Mar Adentro (2004)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Após sofrer um acidente na juventude, Ramón Sampedro ficou tetraplégico e preso a uma cama por 28 anos e, por isso, luta para ter o direito de terminar com a sua própria vida. Extremamente inteligente e consciente de sua vontade, Ramón decide entrar na justiça para conseguir dar o andamento que considera melhor para si, entrando então em conflito com igreja, sociedade, mídia e até mesmo com amigos e familiares.

Por que assistir: O filme trata sobre a eutanásia, um dos assuntos mais polêmicos do Direito, colocando em debate o limite e conflito de direitos fundamentais, e qual seria nossa capacidade de dispor destes direitos. A história discute sobre direitos como a vida, a dignidade, a liberdade, etc. Com uma sensibilidade e profundidade ímpar, o filme venceu 14 dos 15 prêmios que foi indicado no Goya (equivalente ao Oscar na Espanha) além do Globo de Ouro, Oscar e David di Donatello (equivalente ao Oscar na Itália) de melhor filme internacional.

Onde ver: NOW.

Com o mesmo tema: Menina de Ouro, Amor e Você Não Conhece Jack.

8. Os Últimos Passos de um Homem (Dead Man Walking, 1995)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Após matar dois jovens e cometer estupro, um homem é condenado à pena capital e aguarda no corredor da morte. Ao receber uma de suas cartas e ficar com dúvidas quanto às provas do crime, uma freira decide se tornar sua defensora e conselheira espiritual.

Por que assistir: Outro assunto interessante para o Direito, o filme debate a pena de morte, trazendo debate sobre a extensão de um crime e sua devida punição. Entretanto, o principal do filme está na lição de empatia e respeito por uma vida humana. Concorreu a quatro Oscars e ganhou na categoria de melhor atriz.

Onde ver: MGM Amazon Channel.

Com o mesmo tema: À Espera de um Milagre, Capote e Luta por Justiça.

9. Filadélfia (Philadelphia, 1993)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Um promissor advogado é demitido do tradicional escritório que trabalha, na Filadélfia, depois de descobrirem que é portador do vírus da AIDS. Com isso, ele contrata um advogado negro para buscar seus direitos, forçando-o a encarar e lutar contra seus preconceiros e medos.

Por que assistir: Além do filme ser uma história sobre um advogado demitido por causa do preconceito, também mostra a história de um outro, que além do caso, tem que lidar também com as dificuldades para exercer sua profissão e com seus preconceitos. Também tem uma boa abordagem sobre a AIDS nos anos 80/90.

Onde ver: Claro vídeo e NOW.

Com o mesmo tema: Terra Fria e Amor Sem Escalas.

10. Bicho de Sete Cabeças (2001)

Filmes de Direito: cena de filme

Sinopse: Seu Wilson e seu filho Neto possuem uma relação difícil, e vão se distanciando cada vez mais com o passar do tempo. Essa situação piora após o pai achar um cigarro de maconha do filho e resolver interná-lo em um manicômio, onde Neto perde cada vez um pouco mais de si em um sistema precarizado.

Por que assistir: O filme traz importantes debates sobre o consumo de drogas, internações compulsórias, conflitos geracionais, saúde mental e crueldade em manicômios, todas muito ricas para o Direito brasileiro. No Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2002, concorreu a 12 prêmios e ganhou em 7 categorias, incluindo melhor filme, melhor direção, melhor roteiro e melhor ator.

Onde ver: Netflix e NOW.

Com o mesmo tema: Um Estranho no Ninho, Nise — O Coração da Loucura e Garota, Interrompida

Esperamos que você tenha gostado de nossas recomendações! Que tal aproveitar e conferir também nosso conteúdo de filmes sobre educação?

Você também pode gostar

Curso de Direito EaD?
A Saraiva Educação preparou várias trilhas de aprendizado explicar como implementar na sua IES.

Artigos em destaque

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Deseja manter-se sempre atualizado? Receba quinzenalmente uma seleção de materiais sobre a educação superior — é só informar seu melhor endereço de e-mail!

[KIT GRATUITO]

Advogado do futuro: dicas para preparar os estudantes de sua IES

Em comemoração ao Dia do Advogado, criamos um kit de materiais gratuitos com os nossos principais conteúdos para que a sua IES apoie os advogados em formação.