12 dicas de melhoria da experiência do aluno

Quer contar com estudantes satisfeitos, diminuir a evasão dos alunos e aumentar a captação de matrículas? Confira as nossas dicas para melhorar a experiência dos estudantes!
Melhoria da experiência do aluno: fotografia com foco em uma estudante sorrindo para a câmera. Ao fundo, aparece um grupo de estudantes olhando livros.

Afinal, o que fazer para garantir a melhoria da experiência do aluno no ensino superior? Contar com estudantes satisfeitos é fundamental para diminuir as taxas de evasão e aumentar a captação de novas matrículas.

Porém, com tantos processos que garantem o funcionamento de uma instituição de educação superior (IES), sabemos que se dedicar à experiência do aluno não é uma tarefa fácil.

Nesse sentido, a Saraiva Educação vem produzindo uma série de conteúdos para te ajudar. Neste artigo, você vai conferir 12 dicas de melhoria da experiência do aluno que podem ser aplicadas a partir de hoje. Confira!

A importância da experiência do aluno

Antes de falarmos sobre as dicas para melhoria da experiência do aluno, vamos entender um pouco mais sobre esse conceito.

Toda vez que compramos um produto ou serviço, nos relacionamos com aquela mercadoria, com a empresa e até com os funcionários da organização. 

A partir desse relacionamento, criamos percepções e opiniões sobre a qualidade do produto ou serviço, sobre o atendimento, sobre as formas de contato com a empresa, dentre outras, e isso, certamente, influenciará na decisão de compra, na relação com a marca, nas indicações para outras pessoas e na possibilidade de realizar a compra novamente.

E os números confirmam: em uma pesquisa realizada pela empresa PWC, sobre experiência do cliente, 89% dos brasileiros entrevistados disseram que a experiência é um fator importante para decisões de compra.

No ramo da educação isso não é diferente. Com o tempo, o aluno desenvolve relacionamentos com a instituição de educação superior, os professores, os gestores, as plataformas e demais elementos que compõem o seu processo de ensino-aprendizagem. 

Tudo isso resultará em uma experiência, que certamente poderá influenciar em sua decisão por indicar a instituição para outros estudantes, na continuidade do curso e até mesmo na realização de especializações.

12 dicas para garantir a melhoria da experiência do aluno

A melhoria da experiência pode passar por vários pontos, e todos eles são permeados pela responsabilidade compartilhada entre professores, gestores e demais funcionários das instituições de ensino superior. Isso é o que garante o sucesso da estratégia traçada.

É possível aplicar mudanças simples, relacionadas à cultura organizacional, como capacitações ligadas ao conteúdo e atendimento, ou alterações ligadas à estrutura da IES e às ferramentas utilizadas no dia a dia da instituição.

Você com certeza já entendeu a importância de gerar uma boa experiência para o aluno. Veja, a seguir, 10 dicas, separadas em 4 categorias para melhorar esse aspecto  em sua IES!

Infraestrutura

Alguns elementos devem ser considerados quando falamos de infraestrutura educacional. Para criar um espaço acolhedor, é preciso levar em conta vários aspectos, que são, inclusive, estratégicos para o atingimento de metas da instituição e de seus alunos.

Se a primeira impressão é a que fica, a infraestrutura precisa ser pensada para passar a mensagem que a instituição deseja. Essa é uma tarefa desafiadora, mas possível de ser executada. Com certeza essa é uma ação que promoverá acolhimento dos alunos. Para te inspirar, separamos alguns exemplos que podem ser aplicados à realidade da sua IES. Confira:

1. Tenha acessibilidade

Se engana quem pensa que a acessibilidade é uma demanda apenas das pessoas com deficiência. Como esse é um compromisso social, a disponibilização de uma estrutura que contemple as necessidades de todas as pessoas é um passo importante para democratizar o acesso e demonstrar o compromisso da IES com seus alunos.

Além disso, durante a vida, passamos por vários momentos de limitações transitórias. Um exemplo disso é quando quebramos o pé, ou fazemos uma cirurgia no joelho. Ter uma rampa, elevador, e estrutura preparada para quem tem problemas de mobilidade pode ser a diferença entre conseguir e não conseguir participar das aulas.

2. Crie um learning space

Os learning spaces podem ser traduzidos do inglês como Espaços de Aprendizagem, e esse é um termo muito amplo.

Onde será que é o espaço ideal para promover a aprendizagem? Isso depende!

Já que o learning space é um ambiente de formação, que pode ser um local real ou virtual, interno ou externo, a escolha desse espaço deve se dar em relação com as demandas dos cursos das IES.

Esse será um espaço que tem recursos para impulsionar o desenvolvimento dos estudantes, estimulando-os na criação de projetos e resolução de problemas, por exemplo. Algumas IES tem estabelecido um “espaço maker” em suas instalações, para estimular a criatividade.

3. Crie um espaço seguro

Em muitas cidades brasileiras criamos verdadeiros esquemas para evitar assaltos. Quem nunca ouviu uma dica como “leve um celular mais velho na bolsa”, ou “evite aquela rua”, ou até mesmo “não saia com esse item, você vai ficar visado(a)”. Pois é, a sensação de insegurança faz parte da vida de muitos brasileiros.

Por isso, a estrutura da IES precisa contemplar a segurança dos estudantes, para que seja um espaço seguro de desenvolvimento e formação. Nenhum aluno deve sentir-se inseguro na sua universidade, faculdade ou centro universitário. Por isso, é preciso investir em sistema de câmeras, segurança patrimonial, sistema de catracas, etc.

Conteúdo

Se a estrutura é um ponto a se observar, especialmente em uma instituição que oferece a modalidade presencial, o conteúdo sempre será o destaque, seja na modalidade híbrida, a distância ou presencial. Afinal de contas, esse aspecto está relacionado ao objetivo do aluno, que é formar-se profissionalmente. 

A qualidade do conteúdo influencia diretamente na experiência do aluno, especialmente quando tem seu primeiro contato com o mercado de trabalho de sua área, seja em um estágio ou primeiro emprego.

Confira abaixo algumas dicas para melhorar o desempenho do conteúdo da sua IES. 

4. Utilizar conteúdos multimídias

Utilizar vídeos, mapas mentais, quizzes e conteúdos nos mais diferentes formatos aumenta o estímulo para o estudo e o engajamento dos estudantes. Muitos alunos possuem jornadas duplas ou triplas, e um conteúdo mais leve é capaz de cativar o aluno, estimulando-o a envolver-se com os estudos.

Afinal de contas, é preciso se preparar para empregar esse tipo de material na formação. E engajamento é uma palavra-chave quando falamos sobre a experiência do aluno! Afinal, contar com estudantes conectados à IES e com verdadeira vontade de estudar já é um passo e tanto para garantir a qualidade do ensino.  

5. Investir na formação de professores

Grande parte do contato do estudante com a instituição de educação superior se dá por meio da sala de aula, seja ela presencial ou online. Portanto, para quem está procurando formas de garantir a melhoria da experiência do aluno, não é novidade nenhuma a importância do investimento na formação de professores.

A atualização, não apenas relacionada aos conteúdos lecionados, mas também em relação às novas metodologias de ensino, tecnologias, dentre outros temas pertinentes ao processo de ensino-aprendizagem é fundamental para garantir a qualidade do ensino.

E, para isso, os docentes precisam contar com o apoio da IES! Procure entender quais são as suas necessidades, tendências de mercado e ferramentas disponíveis para a elaboração de treinamento e disponibilização de cursos para os profissionais.

6. Apostar em novas maneiras de ensinar

O processo de ensino-aprendizagem mudou muito ao longo do tempo. Atualmente, o professor deixa de ser o único detentor do conhecimento e passa a ter um papel de mediação em sala de aula.

Nesse sentido, apostar em novos métodos de ensino, como as metodologias ativas, é um passo essencial para melhorar a experiência do aluno.

Garantir um ensino mais personalizado, adotar estratégias para que o estudante seja protagonista na construção do conhecimento e pensar em maneiras de tornar a aprendizagem mais dinâmica são premissas para uma IES inovadora e que está atenta às exigências dos estudantes.

Atendimento 

Quando falamos de atendimento, a primeira imagem que vem à mente é o balcão que realiza o suporte aos alunos. E, talvez, esse seja o maior erro ao pensar no atendimento. Todos os envolvidos na IES são replicadores de sua estratégia. Portanto, o atendimento de qualidade vira uma responsabilidade de todos os profissionais.

Seja na resolução de uma dúvida sobre o local de uma aula ou uma questão sensível sobre pagamento, o atendimento precisa ser humanizado, individualizado, gentil e capaz de solucionar, ou buscar essas respostas, para que o aluno se sinta amparado. Confira alguns exemplos práticos de como implementar um atendimento melhor.

7. Conheça sua persona

Persona é um termo muito utilizado no marketing, já que ela é a representação fictícia do seu cliente, no caso, o aluno. Além das características dessa pessoa, como idade, composição familiar, trabalho, curso, essa representação também vem acompanhada de um problema que é comum a esse perfil.

No contexto de atendimento, a utilização da persona ajuda a prever possíveis dilemas, e criar abordagens que sejam adequadas ao perfil de aluno que a IES geralmente tem. Essa é uma forma de aplicar uma personalização do atendimento, mesmo que seja em um momento anterior àquele em que já se conhece o real problema do estudante. 

8. Treine sua equipe

Para que o atendimento seja feito com qualidade, é preciso investir na formação de todos os profissionais da IES, para que saibam a maneira correta de abordar e conversar com os alunos além de compreender as principais demandas dos estudantes em relação ao cargo de cada profissional da instituição. 

Esses treinamentos podem ser realizados periodicamente. Dessa forma, é possível coletar situações vivenciadas no dia a dia, para tornarem-se exemplo da resolução adequada das demandas dos estudantes. No caso do setor de atendimento, essas formações devem ser mais densas e voltadas para a função, com reciclagens e atualizações periódicas. 

9. Crie uma cultura de gentileza

Como é possível ensinar aos funcionários sobre o bom atendimento, se internamente não há um clima adequado para o trabalho? Reforçar as relações interpessoais dentro da instituição ajuda a promover um melhor atendimento e relacionamento com os alunos. A satisfação profissional está diretamente ligada à forma de atender os estudantes.

Para tal, é possível investir em palestras, dinâmicas, momentos de troca e interação descontraída, como a comemoração de uma meta batida, ou até mesmo dos aniversariantes do mês. Reforçar a ideia de pertencimento não funciona apenas para manter os estudantes engajados, mas também todos os demais funionários da IES. 

Ferramentas

As ferramentas empregadas na IES dizem muito do investimento que realizam em seus estudantes. Quando o aluno vê uma nova tecnologia ou sistema sendo aplicado, faz uma conexão direta de validação do investimento financeiro que aplica na sua formação. Isso traz a sensação de estar sendo plenamente atendido em suas necessidades de formação.

Algumas tecnologias ainda funcionam como um “extra”. Por serem muito inovadoras, nem faziam parte do imaginário dos estudantes.

De toda forma, a aplicação de boas ferramentas faz com que o aluno entre em uma lógica de melhoria contínua junto da instituição, o que beneficia o processo de ensino e aprendizagem. Conheça algumas iniciativas que podem ser aplicadas em sua IES:

10. Investir em inovação 

Uma das principais estratégias para promover a melhoria da experiência do aluno é garantir que a sua instituição seja inovadora. E quando falamos de inovação na educação superior, não estamos pensando apenas em tecnologia, mas também em metodologias, cultura, etc.

A geração Z é muito conectada e tem acesso à informação em velocidade alta. Por isso, é fundamental estar em dia com as mudanças na educação para atender às demandas do aluno e desenvolver uma boa experiência. 

Uma forma de aplicar a inovação na sua IES é disponibilizando a funcionalidade de laboratórios digitais, que colaboram para aplicação de práticas de forma mais barata e simplificada. 

11. Fazer pesquisas

Sempre precisamos ouvir o lado de quem está consumindo, e nas IES não é diferente. Por isso, não adianta só apostar nas melhorias de experiência do aluno, mas não saber se elas têm funcionado. Conversar e escutar os estudantes é essencial para que essa melhora aconteça de fato. 

Uma forma de inovar neste contexto é desenvolver canais de fácil acesso, como um WhatsApp, um chat, ou até mesmo através das plataformas virtuais. É necessário entender o que o seu aluno tem sentido e o que ele espera da instituição, isso vai te guiar a buscar soluções e a continuar o que tem dado certo.

12. Ter uma biblioteca digital

Vivemos em um mundo digital, e com o avanço de cursos semipresenciais e de Educação a Distância (EaD), contar com uma biblioteca digital é muito importante. Essa é uma ferramenta que ajuda na melhoria da experiência do aluno, afinal, a acessibilidade às obras e a atualização do acervo ficam muito mais otimizadas.

Além disso, os livros ficam alocados em dispositivos que fazem parte do dia a dia dos estudantes, como tablets, celulares e computadores. Com isso, a chance de realizar uma leitura durante um dia cheio, no transporte para o trabalho, por exemplo, aumenta. Dessa forma, o aluno pode se engajar ainda mais com o conteúdo.

5 benefícios de melhorar a experiência do aluno  

Os benefícios envolvidos na melhoria da experiência do aluno vão muito além daqueles que esse indivíduo pode colher. Na verdade, uma experiência melhor para o estudante também implica em uma melhoria geral do serviço prestado pela instituição de educação superior.

Para as instituições de ensino superior que estão em busca de um processo de melhoria contínua, esse deve ser um ponto muito observado, já que implica na adesão dos estudantes à instituição, sua permanência e performance enquanto aluno.

Para que você possa compreender um pouco mais sobre essas vantagens, separamos 5 delas, que podem ser altamente atrativas para a reformulação da experiência do aluno em sua IES. Confira:

1. Aumento do engajamento

Com atividades pensadas para os estudantes, um atendimento adequado, investimento em inovação e ferramentas atrativas, ocorre um engajamento maior dos estudantes. Isso envolve vários fatores, como a sensação de “fazer valer” o tempo ou recursos que despende, já que a IES oferece um suporte para que isso ocorra. 

Para algumas pessoas com jornadas de trabalho extensas e cansativas, esse pode se tornar um momento de descontração e prazer. O estudo realizado a partir de conteúdos e ferramentas multimídia costumam ter esse efeito. 

Além disso, com um bom clima organizacional na IES, as relações ficam mais simples e com laços mais fortes, um ponto que pode ajudar na retenção dos estudantes, como veremos na sequência. 

2. Maior retenção dos estudantes 

Existem muitos fatores que retêm os estudantes, mas é possível dizer que quase todos passam pela  melhoria da experiência do aluno. Se há um problema financeiro, por exemplo, uma abordagem adequada e humanizada pode trazer uma solução que faça sentido, tanto para o aluno, quanto para a IES.

A interação, como mencionado anteriormente, também é um motivo para ficar. Sentir-se apoiado pelos professores e pelos colegas aumenta a vontade de continuar a jornada de formação. Por isso é tão importante criar momentos para fortalecimento de vínculos. São eles que vão criar a sensação de pertencimento, tão importante para evitar a evasão de alunos

3. Visão da comunidade sobre a IES

Além de manter alunos que já estão matriculados, uma boa experiência pode atrair novos estudantes e melhorar a visão geral da instituição no mercado. Isso porque os discentes que se sentem satisfeitos podem compartilhar essas experiências com outras pessoas. Isso faz toda a diferença para as estratégias de marketing e captação.

Assim, além de garantir aquelas matrículas já realizadas, a instituição também constrói um futuro mais sólido para a sua atuação. É o que chamamos de fortalecimento da marca, que a faz se destacar entre as demais. O encantamento do cliente, que nesse caso é o estudante, deve ser uma meta, para que outras pessoas possam conhecer o trabalho da IES.

4. Desenvolvimento de soft skills

Um ambiente mais leve e com um atendimento melhor também proporciona o desenvolvimento das habilidades tão desejadas no mercado de trabalho: as soft skills, ou competências socioemocionais. Nesse caso, o aluno aprende pelo exemplo, já que há uma atuação empática, gentil e resolutiva na IES, tanto dentro da sala de aula, quanto fora. 

Uma boa experiência do aluno também prevê um conteúdo que seja personalizado para as demandas do discente, e como essa é uma necessidade do mercado de trabalho, as soft skills farão parte dessa formação. Com isso, a chance de sucesso no mercado de trabalho é amplificada, o que também promove uma boa experiência após a formatura.

5. Ambiente de trabalho capaz de reter talentos

Outro desafio para gestores das IES é manter talentos em seu quadro de funcionários. Como já falamos, uma boa experiência do aluno amplifica a capacidade dos empregados da instituição de promover um bom clima organizacional. Isso beneficiará a retenção daqueles funcionários que já estão treinados e executando seu trabalho de forma ideal.

Um bom espaço para trabalhar faz com todos sintam-se mais valorizados e motivados, o que aumenta a chance de sucesso e atingimento de metas, beneficiando a IES em vários aspectos. É um círculo virtuoso que só faz ganhar a quem está envolvido. Que tal experimentar essas mudanças em sua instituição?

Esperamos que você tenha entendido melhor sobre a melhoria da experiência do aluno e que não deixe de colocar as dicas em prática. Quer continuar lendo mais sobre o assunto? Então acesse o artigo sobre A importância da integração tecnológica na IES para a experiência do estudante!

Você também pode gostar

Curso de Direito EaD?
A Saraiva Educação preparou várias trilhas de aprendizado explicar como implementar na sua IES.

Artigos em destaque

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Deseja manter-se sempre atualizado? Receba quinzenalmente uma seleção de materiais sobre a educação superior — é só informar seu melhor endereço de e-mail!

[KIT GRATUITO]

Advogado do futuro: dicas para preparar os estudantes de sua IES

Em comemoração ao Dia do Advogado, criamos um kit de materiais gratuitos com os nossos principais conteúdos para que a sua IES apoie os advogados em formação.