Como desenvolver as metodologias ativas com uso de tecnologias digitais?

Tanto no ensino básico quanto na educação superior, a transformação digital foi muito acelerada com a chegada da pandemia de covid-19. A utilização de ferramentas tecnológicas é, atualmente, essencial para garantir um ensino de qualidade, mais acessível e que atenda às demandas do mercado.

Nesse mesmo sentido, a aplicação das metodologias ativas na educação é um tema cada vez mais recorrente, buscando a transformação do ensino tradicional em um processo mais focado no protagonismo do estudante para a construção do próprio conhecimento, aproximando os alunos de suas atividades profissionais e dos desafios que terá que lidar em seu dia a dia.

Sendo assim, a aplicação de metodologias ativas com uso de tecnologias digitais é um passo fundamental para as Instituições de Ensino Superior (IES) que desejam estar à frente do mercado e se destacar.

Neste artigo, você entenderá melhor essa relação e os seus benefícios para a educação. Ainda poderá conferir alguns exemplos da utilização de metodologias ativas com uso de tecnologias digitais na prática. Confira!

Qual é a relação entre metodologias ativas e o uso de tecnologias digitais?

O quadro negro, o lápis, o retroprojetor e outros recursos já foram considerados grandes avanços tecnológicos na educação, pois se tornaram itens importantes utilizados nas salas de aula com o objetivo de disseminar a informação. 

Porém, nesse processo, a atuação do estudante apresenta um caráter receptivo, ou seja, eles não necessariamente participam da produção do conhecimento.

Com a introdução das metodologias ativas com uso de tecnologias digitais, aconteceu um passo revolucionário no ensino. A comunicação é traduzida em diferentes formatos como:

  • áudios;
  • vídeos;
  • animações;
  • aplicativos;
  • redes sociais;
  • bibliotecas digitais;
  • plataformas de aprendizagem, etc.

O professor adquire o papel de mediador e os estudantes passam a ter uma participação mais ativa e autônoma no processo de construção da aprendizagem.

Dessa forma, as metodologias ativas constituem uma proposta de trabalho pedagógico capaz de modificar positivamente as aulas, colocando o aluno no centro do processo de ensino-aprendizagem e proporcionando a experimentação dos conteúdos de maneira prática. As tecnologias digitais, por sua vez, tornam-se um mecanismo indispensável para o desenvolvimento de diferentes práticas de ensino.

Quais são os benefícios da aplicação das metodologias ativas com uso de tecnologias digitais?

Como abordamos, as práticas pedagógicas desenvolvidas por meio das metodologias ativas com uso de tecnologias digitais têm a finalidade de fazer com que o estudante participe ativamente do seu processo de aprendizagem, trabalhando autonomia, responsabilidade, proatividade, trabalho em equipe e independência.

Além disso, as metodologias ativas associadas ao uso das ferramentas digitais estimulam a resolução de problemas práticos, contribuindo para o desenvolvimento de competências e o pensamento crítico. 

Isso significa uma contribuição para o desenvolvimento da dimensão cognitiva e socioemocional dos estudantes, que passam a ter mais confiança para enfrentar situações complexas na academia e na vida. 

Outros impactos positivos são vistos na educação por meio do desenvolvimento das metodologias ativas com uso de tecnologias digitais, pois:

  • possibilitam que o processo de aprendizagem seja personalizado e dentro de um contexto;
  • facilitam o acompanhamento individualizado do aluno;
  • tornam o aprendizado mais dinâmico;
  • auxiliam os professores no gerenciamento de tarefas burocráticas, como o plano de aula, tornando o seu trabalho mais prático.

Banner de divulgação do ebook gratuito "Tendências 2021 para o ensino superior". Link para download: https://materiais.saraivaeducacao.com.br/lp-ebook-tofu-tendencias-2021?utm_source=blog-saraiva-educacao&utm_medium=banner-artigo&utm_campaign=material-rico

Como desenvolver as metodologias ativas com uso de tecnologias digitais no ensino superior?

Até aqui, vimos os diversos benefícios que o uso de tecnologias digitais no desenvolvimento das metodologias ativas no ensino superior pode gerar. Porém, como fazer isso na prática? Veja alguns exemplos a seguir!

1. Sala de Aula Invertida – disponibilizando os conteúdos 

Para desenvolver a Sala de Aula Invertida, o primeiro passo que o professor precisa fazer é estruturar os conteúdos que serão trabalhados em sala.

Uma organização ideal e prática visa disponibilizar os conteúdos em um ambiente online. Assim, os alunos podem acessá-los em qualquer hora e lugar, quando quiserem e quantas vezes forem necessárias.

A plataforma online Mentimeter é um exemplo de tecnologia que pode ser aplicada às metodologias ativas. Ela permite:

  • criar e compartilhar apresentações de slides com interatividade;
  • compartilhamento de versões PDF das apresentações;
  • importar arquivos do PowerPoint e do Google Docs;
  • criar nuvem de palavras;
  • inserir questionários;
  • criar quizzes;
  • suporte a perguntas e respostas. 

Todos esses materiais servem como auxílio para que o aluno estude os conceitos em casa para, depois, debater sobre determinado assunto em sala com o professor e demais colegas de turma. 

Além disso, existem plataformas digitais de aprendizagem em que o professor e o estudante têm à disposição ferramentas para resolver questões que exigem a leitura de obras já disponíveis na plataforma, direcionando o processo de aprendizagem de forma ativa e otimizando o trabalho do docente.

Procure por ferramentas que atendam às Diretrizes Curriculares Nacionais do curso e ajudem a sua IES a alcançar as melhores notas nas avaliações do Ministério da Educação (MEC). Para te auxiliar, preparamos um artigo com dicas para você escolher a melhor plataforma de ensino superior para a sua IES!

2. Aprendizagem Baseada em Projetos – gerenciando as ações

Para a aplicação dessa metodologia ativa, o professor apresenta um problema e o estudante precisa desenvolver projetos e produtos diferenciados para responder à questão.

Nesse sentido, é faz muito necessário o acompanhamento do cronograma de como será realizada essa atividade. 

Assim, o professor pode usar uma ferramenta de gerenciamento de tarefas, como o Trello. Nele é possível:

  • criar cards com tarefas;
  • colocar prazos de entrega;
  • fazer checklists das etapas do trabalho;
  • anexar arquivos;
  • colocar etiquetas com o status da atividade;
  • adicionar os alunos.

3. Estudos do meio – aplicações de realidade aumentada

Se a proposta das metodologias ativas é colocar o aluno no centro do seu próprio aprendizado, recorrer às imagens virtuais e dispositivos de realidade aumentada é uma ótima estratégia. 

Uma tecnologia que o professor pode utilizar para isso é o Metaverse. Ele é um aplicativo para iOS e Android que permite:

  • criar histórias interativas;
  • experiências de realidade aumentada;
  • criar jogos;
  • propor gincanas;
  • fazer memes.

Assim, quando o professor alinha seus conteúdos às situações e cenários em realidade virtual, os estudantes vivenciam experiências interativas de grande valor. Isso facilita a compreensão de temas, teorias e conceitos complexos com muito mais eficácia.

Entendeu como as metodologias ativas com uso de tecnologias digitais trazem muitos benefícios para o aprendizado dos alunos e para a própria IES? Aproveite para saber como aplicar as metodologias ativas na prática!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *