Para que serve o Enade: fotografia de estudantes fazendo uma prova.

Entenda para que serve o Enade e conheça o papel dessa prova para a sua IES

O Enade é uma prova que sofreu várias modificações ao longo dos anos. Antes conhecida como provão, recebeu o nome de Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes apenas em 2003. 

A partir da nota que os estudantes obtêm nesse Exame, é possível ter sinopses gerais e específicas de cada graduação.

Entender para que serve o Enade e sua real importância é peça chave para pensar em estratégias educacionais que cumpram o que Exame e o mercado exigem.

Se você ainda não conhece profundamente o Enade, não há problema algum. Neste artigo vamos te contar para que serve o Enade e qual é o papel dessa prova para sua IES. Para conferir esse conteúdo superpetinente basta seguir na leitura!

O que é o Enade?

O Enade — Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes — avalia o desempenho dos estudantes concluintes dos cursos de graduação. O Exame é baseado em habilidades e competências relacionadas aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos.

Seu objetivo é avaliar o nível de desempenho e atualização dos estudantes levando em conta a realidade brasileira e mundial.

As questões da prova do Enade não são secas, elas envolvem raciocínio lógico e contextualizado. 

É necessário compreender, na prática, como as situações se aplicam à realidade dos estudantes e é nesse sentido que os professores precisam atuar em criar metodologias novas e estimulantes que trabalhem não só a teoria, mas a prática de diferentes cursos, a fim de preparar adequadamente os estudantes. 

As diretrizes gerais do MEC, que regem o Ensino Superior, permitem que as IES façam suas próprias avaliações internas e tenham sua própria dinâmica, porém, exigem também que as instituições desenvolvam com os estudantes os aspectos que serão cobrados pelo Enade, que é uma prova externa. 

Além da prova do Enade, os alunos deverão também responder as questões do Questionário do Estudante. Essas duas ferramentas são os insumos para o cálculo dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior.

A inscrição para o Enade é obrigatória para os alunos que estão ingressando e concluindo a graduação dos cursos superiores de bacharelado e superiores de tecnologia relacionados às áreas de avaliação da edição. E a nota que o aluno obtém é registrada em seu histórico escolar.

O Enade é elaborado pelo Inep e integra o Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), que conta também com a Avaliação de cursos de graduação e com a Avaliação institucional. 

Se você ainda não conhece o Sinaes, vamos apresentá-lo a você a seguir. Acompanhe.

O que é o Sinaes?

O Sinaes, criado pela Lei n° 10.861, de 14 de abril de 2004, de acordo com o Inep:

Avalia todos os aspectos que giram em torno desses três eixos, principalmente o ensino, a pesquisa, a extensão, a responsabilidade social, o desempenho dos alunos, a gestão da instituição, o corpo docente e as instalações.

Os principais objetivos da avaliação envolvem melhorar o mérito e o valor das instituições, áreas, cursos e programas, nas dimensões de ensino, pesquisa, extensão, gestão e formação; melhorar a qualidade da educação superior e orientar a expansão da oferta, além de promover a responsabilidade social das IES, respeitando a identidade institucional e a autonomia de cada organização.

Após a resolução do Sinaes, o MEC torna público e disponível a todos os resultados das IES como um todo e de seus cursos.

Fazem parte dessa divulgação os instrumentos de informação, como dados do censo, do cadastro, CPC (que é a nota específica do curso) e IGC (a nota para a instituição de ensino), além dos conceitos das avaliações para os atos de Renovação de Reconhecimento e de Recredenciamento, que fazem parte do ciclo trienal do Sinaes, com base nos cursos contemplados no Enade a cada ano.

Muito bem, agora que você conhece o que é e para que serve o Enade, vamos te mostrar qual a real importância dessa prova para sua IES. Confira! 

Qual a importância do Enade para a IES?

Entender para que serve o Enade é peça fundamental para que gestores pensem em estratégias pedagógicas e estruturação de cursos que sejam, de fato, práticos. Afinal, o mercado de trabalho irá exigir que os estudantes que se formaram saibam como aplicar todo o conhecimento que adquiriram ao longo da graduação.

E é por isso que a nota no Enade é importantíssima para toda a comunidade acadêmica. A partir da análise das notas e da verificação de deficiências em determinadas habilidades e competências, é possível reformular todo o curso, levando em conta as particularidades de cada área. 

Além disso, a nota no Enade servirá como parâmetro de qualidade de sua instituição, fazendo que os estudantes se interessem ou não por iniciar um curso e permanecer no curso.

Por tudo isso, levar em consideração a nota do Enade é fundamental para pensar em estratégias pedagógicas que melhorem o curso e o desenvolvimento dos estudantes de modo acadêmico e pessoal, transformando-os em seres humanos melhores, preparados para a vida profissional e para lidar com a diversidade.

Nesse sentido, as metodologias pedagógicas são pensadas não só para melhorar a nota nesse Exame, mas também para aperfeiçoar o curso, fazendo daquela graduação mais prática.

Isso beneficia não só a IES, que oferecerá um curso realmente interessante e irá angariar novas matrículas, além de evitar a evasão no Ensino Superior; mas também trará benefícios aos estudantes, que conseguirão aplicar o conhecimento na prática, abrindo portas no mercado de trabalho.

Para isso, os gestores podem pensar em aplicar provas diagnósticas, que irão exibir claramente os desafios que os estudantes enfrentam, além de como e onde atuar para que isso seja revertido. 

A seguir, vamos te mostrar algumas das principais ferramentas que vão ajudar você a pensar em como melhorar não só a nota geral, como também a do curso como um todo. São elas:

  • criar provas elaboradas no estilo Enade para cada disciplina;
  • entender a realidade individual dos estudantes e, assim, verificar quais são os desafios e por que eles aparecem;
  • levar em consideração o feedback dos professores;
  • mostrar aos alunos novos que as provas devem ser um reflexo da realidade, e que, por isso, é necessário abrir a sua mente para entender a interdisciplinaridade;

É claro que todo o processo de modificação e adequação pelo qual o curso passará a partir da nota e dos relatórios emitidos pelo Inep deverão ser feitos com coordenadores em comunhão com o NDE (Núcleo Docente Estruturante).

Qual o papel do coordenador para uma boa preparação para o Enade?

O papel do coordenador é fundamental para uma boa preparação para o Enade. Afinal, é ele, junto com sua equipe, quem vai mostrar para que serve o Enade para os professores.

Assim, que entram na IES, os professores precisam ser informados sobre o funcionamento do Exame. Por isso, é interessante investir em palestras, materiais sobre o processo de avaliação e ainda na análise minuciosa das mais diversas edições anteriores do Enade.

E, além disso, é importante apresentar aos educadores os relatórios síntese emitidos pelo Inep, que qualquer um tem acesso. Os relatórios são ferramentas completissimas que mostram desde a nota do curso especificamente até o perfil do aluno daquele curso e instituição. 

Não se deve deixar apenas para o ano em que o Enade será aplicado para determinado curso, é necessário que o coordenador trabalhe isso ao longo dos anos, para que o professor entenda o funcionamento da prova e possa passar a importância dela para os estudantes de modo claro e real. 

Isso porque um dos maiores desafios das IES é mostrar aos alunos que o Enade não é importante apenas para que a instituição apresente uma boa nota nos cursos que oferecem. Esse Exame será usado como escopo para trabalhar com os estudantes as habilidades e competências exigidas, que também serão requisitadas na mercado de trabalho.

O professor precisa ser inserido, porque é ele quem terá o contato direto com os estudantes, verificando as dificuldades e os pontos fortes, trabalhando e moldando os estudantes para a vida profissional e, consequentemente, para o Enade. 

Bom, esperamos que você tenha gostado e tenha entendido de uma vez por todas para que serve o Enade. Para se aprofundar no assunto, não deixe de assistir a gravação do nosso webinar Enade: a importância do diagnóstico para orientar intervenções pedagógicas na IES!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *