Tecnologia no ensino: fotografia de uma mulher usando o computador em uma biblioteca.

Quais são os impactos da tecnologia no ensino?

O advento da internet e o avanço das novas tecnologias da informação vêm nos permitindo a disponibilização de recursos pedagógicos eficientes, tornando o processo de ensino- aprendizagem cada vez mais agregador e dinâmico e possibilitando a criação de um estudante protagonista em sua aprendizagem. 

Mas para que isso ocorra é necessário que as tecnologias de informação não sejam vistas apenas como suporte, mas também como metodologias de ensino. 

Se você quer entender melhor quais são os impactos da tecnologia no ensino e no processo de aprendizagem, é só continuar a leitura deste artigo!

Como a tecnologia pode ser aplicada no ensino? 

Dentro das IES, podemos dividir as tecnologias de informação em dois grandes grupos: o de suporte e o de ensino. 

As tecnologias de suporte visam auxiliar no planejamento e na gestão financeira da IES, além de apoiar o contato e o relacionamento do estudante com a Instituição, cultivando a proximidade com o aluno e fazendo com que ele se sinta pertencente à comunidade escolar. 

As tecnologias no ensino vão além das plataformas e recursos didáticos, são novas formas de ensinar e aprender, são metodologias.

As metodologias de ensino oriundas da tecnologia são chamadas de metodologias ativas. Essas, por sua vez, colocam o foco no estudante, descentralizando o papel do professor e criando um estudante ativo, que necessita buscar e estar envolvido na aprendizagem. 

Alguns exemplos de metodologias ativas são:

Gamificação

A gamificação prevê a utilização de dinâmicas características de jogos envolvendo situações reais para o processo de ensino-aprendizagem. Os estudantes são submetidos a missões e desafios que necessitam resolver para que o objetivo final seja cumprido.

Sala de aula invertida

Essa metodologia contraria totalmente a metodologia tradicional de ensino, em que o professor é visto como o centro das atenções e a absorção dos conhecimentos ocorre na sala de aula. A sala de aula invertida promove aos estudantes a absorção do conteúdo em casa e a troca de conhecimentos com os outros estudantes e professor em sala de aula.

Aprendizado Baseado em Projetos (Project Based Learning)

O aprendizado baseado em projetos inicia-se na resolução de um problema ou desafio com a intenção de criar um produto final. Em geral, é um conhecimento construído de forma mais longa, sendo dividido em várias etapas.

Aprendizado Maker

A cultura Maker tem como objetivo colocar o estudante em contato com a prática. Ele realmente coloca a “mão na massa” utilizando os recursos disponíveis.

Aprendizado Baseado em Problemas (PBL – Problem Based Learning)

O aprendizado baseado em problemas organiza as temáticas a serem estudadas em volta do problema e não das disciplinas, fomenta discussões em grupos para a sua resolução, significando a aprendizagem.

Aprendizado em Pares ou Times (TBL – Team Based Learning)

O aprendizado baseado em times é constituído de três etapas: 

  • Preparação individual: O estudante nessa etapa tem a responsabilidade de se preparar individualmente para a realização das atividades.
  • Garantia do processo: Nessa etapa são aplicados testes de verificação para averiguar se o estudante realizou de forma satisfatória a preparação individual.
  • Aplicação de conceitos: Etapa final onde o professor lança o desafio para o grupo, eles terão de se estruturar a partir dos 4’s (Problema significativo (Significant); Mesmo Problema (Same); Escolha específica (Specific); Relatos simultâneos (Simultaneous report).

Design Thinking

Essa metodologia propõe um redesenho nas aulas, fomentando o trabalho de forma colaborativa e desenvolvendo a empatia aos estudantes. É dividida em cinco etapas: 

  • Descoberta e interpretação: Essas duas etapas são constituídas de desafios para aguçar a motivação dos estudantes.
  • Ideação: Etapa na qual acontece a “chuva de ideias” onde os estudantes expõem as ideias para o grupo.
  • Experimentação: Etapa na qual as ideias são colocadas em prática. 
  • Evolução: Etapa no qual o trabalho é desenvolvido.

Quais são os benefícios da tecnologia no ensino?

A inserção da tecnologia no ensino agrega de forma significativa o processo de aprendizagem dos estudantes, mas as vantagens não dizem respeito apenas ao campo do ensino em si. 

As tecnologias possibilitam benefícios à toda comunidade escolar, desde a comunicação com os estudantes à preparação de aulas. 

Veja alguns dos benefícios abaixo:

1. Captação e fidelização de estudantes

A inserção de um sistema de gestão escolar para auxiliar o relacionamento com futuros estudantes fornece informações importantes, como o alcance do público alvo, as novas tendências e o sucesso das campanhas de marketing realizadas, além de possibilitar a captação fidelização e permanência do estudante na IES.

Além disso, plataformas que apoiam o aprendizado, como soluções de aprendizagem e bibliotecas digitais, são atrativos para novos estudantes e auxiliam muito aqueles que já estão na IES a terem uma excelente experiência durante a graduação.

Leia também: o que são bibliotecas digitais e como funcionam?

2. Redução de gastos

A implantação de um sistema de gestão financeira permite a identificação de informações detalhadas sobre o orçamento da IES, possibilitando o planejamento de futuras ações e auxiliando na redução de custos.

3. Controle de recebíveis

Um sistema de gestão de pagamentos onde seja possível identificar atrasos de pagamentos e centralizar as informações financeiras dos estudantes possibilita à IES o acompanhamento dos casos de inadimplência, auxiliando nas negociações, no controle dos recebimentos, dentre outros processos.

4. Relacionamento com os estudantes

Um sistema que facilita a comunicação com os estudantes de forma integrada auxilia no relacionamento com a comunidade escolar, melhorando a retenção de alunos e aumentando o senso de pertencimento dos estudantes.

A inserção das tecnologias no ensino e de suporte vêm para agregar todos os processos nas instituições de ensino, pois elas aprimoraram os resultados acadêmicos e aumentam o nível de satisfação dos estudantes nas instituições. Aproveite para conferir o nosso artigo sobre ensino híbrido e entender ainda mais sobre o papel da tecnologia na IES!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *