Saiba como fazer uso do WhatsApp na educação de forma efetiva!

O uso do WhatsApp na educação pode ser muito benéfico, se feito corretamente. Leia e saiba como!

Você sabe dos benefícios e como fazer uso do WhatsApp na educação? Confira nosso artigo completo sobre o tema! 

Os telefones inteligentes, ou smartphones, fazem parte de nossa sociedade como um artefato do cotidiano. Não se concebe mais viver sem a posse deste dispositivo, uma vez que eles conseguem reunir em um só equipamento uma série de recursos que são tão necessários à vida neste século, tais como: agendas, relógios, despertadores, calculadoras, câmera fotográfica, gravador de voz, bem como uma série de aplicativos que são de uso rotineiro: internet banking, e-mail, chat, entre outros.” (destaques nossos)

Esse trecho pertence ao artigo Possibilidades para o uso do WhatsApp na educação: análise de casos e estratégias pedagógicas, escrito por João Batista Bottentuit Junior,  Mestre em Educação Multimídia pela Universidade do Porto, e evidencia a presença da tecnologia no dia a dia de toda a sociedade.

De fato, a era digital impacta e alcança todos os setores da sociedade. Com a educação não seria diferente. Por isso, utilizar-se de ferramentas digitais no contexto acadêmico, como o aplicativo Whatsapp, é essencial para tornar o ensino mais dinâmico e atrativo para os alunos.

Pensando nisso, preparamos este artigo para trazer os benefícios, desafios enfrentados e possibilidades pedagógicas do uso do WhatsApp no processo de ensino-aprendizagem.

Confira o que você vai encontrar neste artigo: 

Índice:

  1. Por que fazer uso do WhatsApp na educação?
  2. Benefícios do uso do WhatsApp na educação
  3. Desafios do uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica
  4. Como fazer uso do WhatsApp na educação?
  5. 5 dicas estratégicas e funcionais para uso do WhatsApp na educação

Tenha uma ótima leitura! 

Por que fazer uso do Whatsapp na educação?

Por meio de uma conexão com a internet, o aplicativo Whatsapp permite a troca entre usuários de diversos tipos de mídias, como por exemplo imagens, documentos, áudios, vídeos e mensagens escritas. 

Além disso, é possível, ainda, realizar chamadas de voz e vídeo. Ressalte-se: todas essas funcionalidades sem custo adicional para os usuários. 

No artigo WhatsApp na educação superior: uma experiência de aprendizagem colaborativa, Sheilla Silva da Conceição, Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe, aponta a utilização da internet na educação como:

 “(…) Nova dimensão cognitiva e social na relação de ensino e aprendizagem. No ensino porque o docente terá novos recursos para tornar sua aula mais atrativa e participativa, e na aprendizagem pela oportunidade que os alunos terão de buscar novas fontes e espaços para a construção do conhecimento”.

No mesmo sentido, Bottentuit Junior elucida que

uma sociedade em rede urge por práticas pedagógicas que utilizem o melhor que as redes de conexão proporcionam. E ignorar a utilidade pedagógica de aplicações de comunicação, como o WhatsApp, é negar que a criação de padrões úteis de informação é o requisito para aprender em nossa economia do conhecimento.” 

Desse modo, adotar o Whatsapp como ferramenta pedagógica contribui significativamente para o processo de ensino-aprendizagem na medida em que facilita o engajamento e auxilia na comunicação entre a instituição de educação superior (IES) e o corpo discente. 

Benefícios do uso do WhatsApp na educação

Evidentemente, utilizar o aplicativo WhatsApp no processo de ensino e aprendizagem traz inúmeros benefícios para as IES. 

Por isso, preparamos uma tabela para apresentar as principais vantagens do uso do WhatsApp no ensino superior. Conheça a seguir todas elas:

  • cria um ambiente para debate e discussão fora de sala de aula;
  • facilita a gestão de grupos de trabalho e estudo e a colaboração entre os alunos;
  • não possui custo para a os usuários;
  • os alunos e professores já dominam a ferramenta;
  • estimula a leitura extraclasse;
  • expande o tempo formal das aulas;
  • minimiza a distância entre as pessoas;
  • facilita a comunicação entre a equipe;
  • auxilia na comunicação entre a IES e os estudantes;
  • permite o desenvolvimento de  metodologias ativas de aprendizagem;
  • possibilita apresentar conteúdos em diversos formatos de mídia;
  • permite acesso a qualquer hora e lugar;
  • torna o ensino mais atrativo e dinâmico para o aluno;
  • promove a inclusão.

Agora que você já conferiu alguns dos benefícios do uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica no ensino superior, vamos nos debruçar sobre os desafios de implementação enfrentados pelos coordenadores e docentes da IES. Acompanhe!

Leia também: Como aproveitar o celular na sala de aula no ensino superior?

Desafios do uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica

De fato, o uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica traz alguns desafios para os professores e coordenadores de IES. 

Nesse sentido, elencamos os principais desafios enfrentados nesse processo de implementação da plataforma no processo de ensino-aprendizagem. São eles:

  • Resistência do corpo docente na aplicação pedagógica;
  • Acúmulo de mensagens;
  • Necessidade de alta disponibilidade do corpo docente;
  • Alta demanda de tempo utilizado na ferramenta digital.  

Bottentuit Junior ressalta que

“(…) para que as atividades com o WhatsApp, bem como outros aplicativos, possam resultar em ganho real na aprendizagem é necessário o correto planejamento do uso destes recursos de modo que as tarefas possam gerar novas aprendizagens, trabalho colaborativo, análise, uso da criatividade e desenvolvimento de habilidades, ou seja, antes de lançar mão do uso do recurso, é preciso refletir sobre os seus resultados e impactos na aprendizagem”.

Evidentemente, é possível lidar com esses desafios. É importante ressaltar que os professores são responsáveis pelo uso do aplicativo como ferramenta pedagógica. Por isso, a IES deve preparar o corpo docente para a correta aplicação do Whatsapp na educação.

Nesse sentido, os gestores das IES podem oferecer treinamentos e suporte para dúvidas e sugestões aos docentes. 

Do mesmo modo, desativar a função do aplicativo “baixar automaticamente” evita que o celular fique sobrecarregado com o volume de imagens e vídeos que ocupam maior espaço de mídia. 

Além disso, para evitar a sobrecarga, os professores devem estipular um horário para estarem disponíveis e tirar as dúvidas dos estudantes.  

Sendo assim, com planejamento é possível, certamente, minimizar os desafios e colher excelentes resultados para o processo de ensino-aprendizagem. 

Leia também: O professor, o aluno, o Google e o YouTube

Como fazer uso do WhatsApp na educação? Confira 6 estratégias!

Com efeito, existem diversas possibilidades de uso do WhatsApp no contexto pedagógico. Para melhor ilustrar, a seguir vamos apresentar algumas formas de uso do WhatsApp na educação superior. São elas:

  1. Promova engajamento e motivação;
  2. Disponibilize conteúdos e atividades extras para os estudantes;
  3. Utilize para feedbacks em trabalhos e orientações acadêmicas;
  4. Desenvolva metodologias ativas;
  5. Trabalhe a leitura fora de sala;
  6. Avalie a participação dos alunos.

Confira a seguir como aplicar cada uma dessas estratégias na sua IES! 

1. Promova engajamento e motivação

Certamente, promover engajamento e motivação para alunos não é uma tarefa fácil para as instituições de educação superior. Nesse sentido, em qualquer modalidade de ensino, é muito importante que o corpo docente esteja preparado para manter a atenção e motivação dos estudantes durante todo o percurso das disciplinas. 

Por isso, utilizar o WhatsApp irá tornar o processo de ensino-aprendizagem mais lúdico. Afinal, a disponibilidade de informações e diferentes possibilidades de motivar as ações dos alunos, através de imagens, vídeos, áudios, traz dinamicidade para o itinerário formativo dos estudantes.

Em outras palavras, é uma forma de viabilizar o uso de multimídia e hipermídia na educação.

2. Disponibilize conteúdos e atividades extras para os estudantes

Através do aplicativo Whatsapp, incentive e estimule os estudantes a aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos em sala por meio de resolução de questões.

Além disso, utilize a diversidade de funcionalidades oferecidas pela plataforma para disponibilizar conteúdos digitais e incentivar a cooperação e colaboração do corpo docente. 

3. Utilize para feedbacks em trabalhos e orientações acadêmicas 

Diante do alto volume de trabalhos para correção, os feedbacks podem ser trabalhosos para os professores. A esse respeito, o Whatsapp permite uma devolutiva mais rápida, podendo ser feita até mesmo por áudio, sem perder o caráter individual e personalizado. 

Além disso, nas orientações acadêmicas, o uso do aplicativo promove uma interação mais eficaz entre o orientador e o aluno, na medida em que facilita a comunicação e permite que o aluno tenha acesso às orientações prestadas a qualquer tempo e lugar. 

4. Desenvolva metodologias ativas

Para João Batista Bottentuit Junior,

as metodologias ativas são aquelas que colocam o aluno no centro da atenção, favorecendo a sua própria construção do conhecimento e tornando o professor um mediador neste processo de construção”. 

Existem diversos tipos de metodologias ativas no ensino superior, aplicáveis tanto no ensino presencial, quanto no ensino superior a distância. Alguns exemplos são: 

Nesse sentido, através da adoção de ferramentas digitais, como o uso do aplicativo WhatsApp, os professores podem desenvolver as metodologias ativas, que focam no protagonismo do estudante e aprimoram o processo de ensino-aprendizagem.

5. Trabalhe a leitura fora de sala

Seja no ensino presencial ou a distância, trabalhar a leitura fora de sala é um desafio para o corpo docente. Por isso, utilize o aplicativo do WhatsApp para incentivar a leitura extraclasse

Para tanto, os professores podem utilizar dos grupos para envio de textos. Além disso, indicar livros e temas alternativos irá estimular o hábito de leitura nos estudantes. 

6. Avalie a participação dos alunos

Através dos grupos de WhatsApp é possível avaliar a participação dos alunos. Nesse sentido, disponibilize questões-problemas e incentive a resolução e discussão entre o corpo discente. 

Dessa forma, a partir da distribuição de pontos, será possível avaliar a participação dos estudantes no grupo, além de incentivar a interação dos alunos.

Ebook Leitura na era digital: clique aqui para baixar!

5 dicas estratégicas e funcionais para uso do WhatsApp na educação

O WhatsApp disponibiliza diversas funcionalidades para os usuários. Dessa forma, preparamos 5 dicas estratégicas de uso da ferramenta para auxiliar na aplicação pedagógica. São elas:

  1. Use a função de fechar o grupo;
  2. Use a descrição do grupo para comunicar as regras;
  3. Defina alguns alunos como administradores dos grupos;
  4. Utilize o WhatsApp web;
  5. Fique atento às atualizações disponíveis;

Confira abaixo como utilizar cada uma dessas estratégias!

1. Use a função de fechar o grupo 

O fluxo de mensagens nos grupos de WhatsApp pode ser intenso a depender do assunto, horário e envolvimento dos alunos. 

Dessa forma, se você deseja enviar recados e documentos importantes e precisa garantir que o fluxo de mensagens não atrapalhe a leitura de todos, você pode utilizar a função de fechar o grupo para que somente os administradores possam enviar mensagens. 

Conheça o passo a passo para ativar essa funcionalidade:

Clique no nome do grupo → Clique na opção “configurações do grupo” → Clique na opção “envio de mensagens” → Selecione a opção “apenas o administrador”

E lembre-se, essa função disponível no aplicativo pode ser retirada a qualquer momento pelos administradores do grupo. Assim, os administradores poderão abrir e fechar o grupo conforme a necessidade e importância dos recados enviados. 

2. Use a descrição do grupo para comunicar as regras

A adoção de regras para os grupos é necessária. E para evitar o envio das regras a cada novo ingresso de alunos, utilize a descrição para comunicá-las.

Na edição das regras, além de estabelecer boas práticas, também é interessante elencar aquelas que devem ser evitadas pelos alunos, como por exemplo o uso de linguagem inadequada e o desvio de finalidade.

3. Defina alguns alunos como administradores dos grupos

Essa prática é interessante para auxiliar os professores na dinâmica dos grupos. Afinal, muitas vezes o fluxo de mensagens pode deixar que passe despercebida alguma informação importante. 

Dessa forma, definir os alunos mais engajados como administradores irá auxiliar o corpo docente nessa tarefa. Você pode utilizar o apoio do representante de turma, por exemplo, ou de eventuais tutores e monitores.

4. Utilize o Whatsapp Web

O aplicativo WhatsApp possui uma versão para ser acessada também por tablets e computadores, o WhatsApp Web

Recentemente, com a nova atualização tornou-se possível, ainda, utilizar o Whatsapp Web sem que o telefone esteja perto ou até mesmo ligado, tornando o acesso possível mesmo diante de descarga de bateria ou ausência de dados móveis.  

5. Fique atento às atualizações disponíveis

A cada atualização do aplicativo, novas funcionalidades são oferecidas aos usuários do WhatsApp. Por isso, é interessante manter-se atento para acompanhar e implementar as novas funções que surgirem como estratégias para uso da ferramenta digital na educação.

Agora você já conhece os benefícios e sabe como usar o WhatsApp na educação. Esperamos que tenha gostado do conteúdo! Aproveite para conferir também ferramentas de metodologias ativas: como escolher para sua IES.

Você também pode gostar

Curso de Direito EaD?
A Saraiva Educação preparou várias trilhas de aprendizado explicar como implementar na sua IES.

Artigos em destaque

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Deseja manter-se sempre atualizado? Receba quinzenalmente uma seleção de materiais sobre a educação superior — é só informar seu melhor endereço de e-mail!